Blog do Ohata

Arquivo : Libertadores

Leilão aumenta chance de Globo vencer Fox Sports e recuperar Libertadores
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A forma de negociação pelos direitos da Libertadores entre as emissoras de TV e a Conmebol mudou.

Os direitos da Libertadores no país hoje pertencem à Fox Sports, que os sublicenciam à Globosat em troca de jogos da Copa do Brasil. Desta forma, nem o SporTV, braço da Globosat na TV por assinatura, e tampouco a Fox Sports podem programar as partidas livremente, já que há um acordo por meio do qual há um rodízio semanal na escolha de jogos que cada um dos canais irá transmitir.

Mas a partir de agora, em vez de negociar  diretamente com a entidade, as emissoras participarão de um leilão pelos direitos da Libertadores. A entidade já firmou parceria em relação a outras propriedades com a gigante do marketing IMG.

A licitação para selecionar a firma que organizará o leilão acontecerá no mês que vem, a Conmebol informou ao blog.

Ou seja, de agora em diante, o histórico de negociações passadas e relacionamento, que seriam favoráveis à Fox Sports, dão lugar a critérios estritamente técnicos, com base nos valores oferecidos e também na expertise na promoção do produto. Para esse último quesito, é uma vantagem controlar um canal na TV aberta e contar com outros na TV por assinatura.

Uma ideia que entrou no radar de dirigentes da Conmebol é separar o Brasil dos demais países da América Latina na negociação dos direitos da edição de 2019 em diante.

Na negociação passada, a Fox Sports adquiriu em um só pacote os direitos da Libertadores para as Américas.

Se o formato permanecer inalterado, ou seja, venda das Américas em um só pacote, os executivos da Globo/Globosat terão de pesar muito bem a relação custo/benefício da aquisição dos direitos para o continente inteiro.

Como a Globo não opera diretamente canais de esporte em um grande número de países da América Latina, ao contrário de Fox Sports e ESPN, por exemplo, corre o risco de amargar prejuízo caso não consiga repassar os direitos a canais de outros países.

Com a separação do Brasil do resto da América Latina, a Globo poderia fazer uma proposta robusta financeiramente pelos direitos no país, pois estaria direcionada só para onde está a sua sede.

É bom lembrar que, mesmo nesse cenário, ESPN (Disney), Fox Sports (Rupert Murdoch) e Esporte Interativo (Turner) respondem a grupos cujos cofres são bem fornidos.


Guerra pelos eventos esportivos da TV: Quem é detentor e quem está de olho
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Se na TV aberta os direitos de transmissão dos principais eventos esportivos concentram-se na Globo, na TV por assinatura a história é bem diferente. O calendário de aquisição de direitos de TV, e o que se viu na disputa pelos direitos do Brasileiro a partir de 2019, entre SporTV e Esporte Interativo, indica que a disputa para exibir competições de ponta irá se acirrar dentro dos próximos meses.

O blog ouviu executivos de canais por assinatura e especialistas do mercado para compilar a lista a seguir, que traz as principais competições, quem é o atual detentor dos direitos, quando vence o contrato atual e quem já está de olho para tomar os direitos.

Há casos, como quando não ficou clara a intenção de uma emissora por um determinado evento, em que o blog se baseou em histórico de ofertas, necessidade de preencher as grades em determinados períodos ou o fato de a emissora exibir eventos da mesma “família”. No quesito “Quem está de olho”, há propostas na mesa para canais se unirem ao apresentar certas propostas.

O que pode parecer surpreendente segue uma lógica. Os únicos europeus a despertar interesse do SporTV, por exemplo, são a Liga dos Campeões e o Campeonato Inglês. Por que não o badalado Campeonato Espanhol? Porque seus jogos competiriam por espaço na grade de programação com partidas do Paulista e do Brasileiro, que são realizados mais ou menos no mesmo horário.

 

Libertadores

Quem detém os direitos: Fox Sports

Quando vence o contrato: 2018

Quem está de olho: ESPN, Esporte Interativo e SporTV

 

Copa do Brasil

Quem detém os direitos: SporTV

Quando vence o contrato: 2022

Quem está de olho: Esporte Interativo

 

Liga dos Campeões

Quem detém os direitos: Esporte Interativo

Quando vence o contrato: 2018/19

Quem está de olho: ESPN, Fox Sports e SporTV

 

Inglês

Quem detém os direitos: ESPN

Quando vence o contrato: 2019

Quem está de olho: Esporte Interativo, Fox Sports e SporTV

 

Espanhol

Quem detém os direitos: ESPN

Quando vence o contrato: 2020

Quem está de olho: Esporte Interativo e Fox Sports

 

Italiano

Quem detém os direitos: Fox Sports

Quando vence o contrato: 2018

Quem está de 0lho: ESPN e Esporte Interativo

 

Alemão

Quem detém os direitos: Fox Sports

Quando vence o contrato: 2020

Quem está de olho: ESPN e Esporte Interativo

 

NBA

Quem detém os direitos: ESPN e SporTV

Quando vence o contrato: 2025

Quem está de olho: Ninguém

NFL

Quem detém os direitos: ESPN e Esporte Interativo

Quando vence os direitos: 2021

Quem está de olho: Fox Sports

F-1

Quem detém os direitos: SporTV

Quando vence o contrato: 2020

Quem está de olho: Esporte Interativo e Fox Sports


Por Mundial, patrocínio de Leila no Palmeiras pode bater em R$ 200 milhões
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Se o Palmeiras disputar e conquistar o Mundial de clubes no fim do ano, bem como as demais competições da temporada, o investimento de Leila Pereira, por meio do patrocínio de suas empresas Crefisa e Faculdade das Américas, no clube chegará perto dos R$ 200 milhões este ano.

Esse valor pode ser até superado com o uso de incentivos fiscais para investimentos adicionais no clube, possibilidade que já é discutida há semanas dentro das duas empresas, o blog apurou.

Em um período inferior a 24 horas, de quarta para quinta-feira, o valor anual do patrocínio aumentou por causa do “efeito Borja”.

Além do investimento de 32 milhões e aos R$ 3,2 de luvas referentes à contratação do jogador, para viabilizar a vinda do atacante para o clube do Parque Antarctica, a cota anual de patrocínio, que era de R$ 72 milhões, pulou para R$ 74,4 milhões

A financeira ajudará com R$ 200 mil extras por mês para ajudar a pagar o salário do atacante.

A patrocinadora também arca com R$ 12 milhões referente ao salário de Lucas Barrios.

A financeira já havia injetado R$ 31,1 milhões, para as contratações de Guerra e Fabiano e pagamento de parcela de Dudu, valor que não será descontado do valor do patrocínio.

Se o Palmeiras cumprir o programa de títulos e bônus proposto pelas patrocinadoras, conquistando os títulos do Paulista, Copa do Brasil, Libertadores, Brasileiro e Mundial, somadas as premiações ganhará no total R$ 40 milhões.

Apesar de Leila negar, ela e o marido, José Roberto Lamachia, dão, sim, grande importância ao título mundial de clubes.

Nesse cenário, o valor total colocado pela patrocinadora no clube, no ano, cumpridas todas as metas, será de pouco mais de R$ 192 milhões.

Está em estudo pelo departamento financeiro de Crefisa e FAM o uso de incentivos fiscais para investimentos adicionais no clube, mas na área social.


Contrato de Palmeiras com Crefisa prevê bônus de até R$ 80 milhões
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O contrato do Palmeiras com a Crefisa prevê bônus por título conquistado pelo clube, a começar do Paulista-2017, que somados chegam a R$ 80 milhões.

O clube do Parque Antarctica receberá bônus por cada título conquistado nas seguintes competições: Estadual, Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores e, conquistada a competição continental, se voltar com o título do Mundial de clubes, o blog apurou com dirigente com acesso ao contrato

A previsão é de que o documento seja assinado nesta quarta-feira.

O valor da premiação da Crefisa pelo título da Libertadores vale mais de R$ 10 milhões.

Ou seja, como o valor do patrocínio anual fica perto dos R$ 80 milhões, se o Palmeiras tiver 100% de aproveitamento de títulos que disputar nos próximos dois anos, receberá em bônus o equivalente a um terceiro ano de patrocínio.

O contrato venceu no último dia 21, mas há uma cláusula que concede prazo de 30 dias para as partes estudarem o documento.

Na última quinta-feira, clube e financeira bateram o martelo pelas bases da renovação do novo contrato, que vale por dois anos, com valor anual que gira em torno de R$ 80 milhões.

Além disso, a Crefisa investiu R$ 30 milhões em atletas para a temporada. Esse valor não entra na conta do patrocínio.

A candidatura de Leila Pereira, dona da Crefisa e da Faculdade das Américas, a uma cadeira no conselho deliberativo do clube se tornou o centro de uma polêmica.

O ex-presidente do clube Paulo Nobre, ao deixar o cargo, orientou pela impugnação da candidatura, que já foi oficialmente questionada por associados.

Porém o ex-presidente Mustafá Contursi confirma que concedeu o título de sócia a Leila em 1996.

José Roberto Lamachia, marido de Leila, também concorre a uma cadeira no conselho deliberativo.

Além do casal, outros candidatos conhecidos fora do Parque Antarctica que participam do pleito são o presidente da Central Brasileira de Sindicatos, Antonio Neto, e o ex-vereador Domingos Dissei.

Em meio à sua campanha eleitoral, Leila receberá, na próxima quinta-feira, na FAM, o título de cidadã paulistana, concedido pela Câmara dos Vereadores de São Paulo.

 


SporTV transmitirá Chape x Atlético Nacional após ‘acordão’ com Fox Sports
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O SporTV transmitirá o esperado duelo entre Chapecoense e Atlético Nacional, pela Recopa, graças ao acordo com a Fox Sports por meio do qual os dois repartirão partidas da Libertadores e Copa do Brasil.

A ESPN, que exibia a Copa do Brasil há anos, optou por não sublicenciar a competição este ano.

A Chapecoense foi declarada pela Conmebol campeã da Sul-Americana, após o trágico acidente com o avião no qual seu time viajava no fim do ano passado.

Assim, o time garantiu vaga na decisão da Recopa Sul-Americana de 2017, torneio que reúne os campeões da Libertadores e da Sul-Americana, em um duelo entre as melhores equipes do continente no ano.

Assim, a Chapecoense enfrentará o próprio Atlético Nacional, de Medellín, na disputa pelo título.

O SporTV, que não tinha os direitos da Recopa, poderá exibir também mais jogos da Sul-Americana. SporTV e Fox Sports terão exclusividade nas partidas que exibirem, até a fase semifinal.

 

 


Crefisa renovará com Palmeiras, e já discute ‘incentivos’ para Libertadores
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Crefisa e Faculdade das Américas, patrocinadores do Palmeiras, renovarão o contrato de patrocínio com o clube no próximo dia 15, ou por volta dessa data, o blog apurou. A FAM ou o centro de imprensa do clube são os locais favoritos para a realização do anúncio.

O contrato venceu no sábado passado, dia 21, mas existe uma cláusula no documento que dá um prazo de 30 dias adicionais para, se necessário, as partes estudarem o contrato e renovarem.

A principal alteração já definida em relação ao contrato que acaba de vencer é sua duração.

Enquanto o anterior era de dois anos, o que será assinado agora valerá por um ano.

O contrato mantém os direitos da Crefisa e da FAM, como placas de campo, exposição das marcas na camisa, placas no CT, backdrops nas entrevistas dos jogadores, camarote e a marca do patrocinador nas carteirinhas de sócio-torcedor.

Mas há alguns pontos em aberto.

Palmeiras e Crefisa discutem a criação de “incentivos” financeiros relacionados à campanha do time na Libertadores e, eventualmente, para sua preparação no caso de classificação para o Mundial de clubes, marcado para dezembro, em Dubai.

O clube se inclina nessa direção, mas a financeira ainda analisa a ideia.

O martelo ainda não foi batido em relação ao valor exato do patrocínio.

Ele, hoje, gira oficialmente em torno de R$ 78 milhões.

Mas, na prática, superou esse valor no período, já que os patrocinadores ajudaram na construção do CT, do centro de mídia, e foi fundamental na contratação de jogadores “a fundo perdido”.

Conforme acordo que em nada afeta o valor dos aportes do patrocínio, a Crefisa liberou dinheiro para a contratação de jogadores.

No caso da venda do atleta, a financeira receberá de volta o valor que disponibilizou, livre de juros. Se o jogador for vendido por um valor superior, o clube ficará com a diferença. Já no caso de o atleta não ser negociado, o clube não devolverá nada.

Leila Pereira, dona da Crefisa, disputa no próximo dia 11 uma cadeira no conselho deliberativo do Palmeiras.

Cumprir duas gestões como conselheiro é um pré-requisito para quem no futuro planeja disputar a presidência do clube.


Globo é atendida e exibirá jogos do Palmeiras e Flamengo na Libertadores
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Globo recebeu a confirmação de que poderá transmitir todos os jogos de Palmeiras e Flamengo na fase de grupos da Libertadores deste ano, o blog apurou.

A emissora havia feito o pedido junto à organização da competição e aguardava a resposta, que foi positiva.

Nesta fase, as equipes tem seis jogos cada.

Tradicionalmente, a Globo aposta no Corinthians, mas sem o time do Parque São Jorge ou São Paulo na competição, o canal optou por prestigiar o clube campeão brasileiro.

Curiosamente, todas as suas partidas foram alocadas pela organização do torneio para quartas-feiras.

Na TV fechada, SporTV e Fox Sports repartirão as partidas da Libertadores e da Copa do Brasil, conforme o blog antecipou.

As partidas do Palmeiras na fase de grupos estão marcadas para acontecer nos dias 8/3, 15/3, 12/4, 26/4, 3/5 e 24/5.

Os jogos já listados do Santos estão previstos para terças ou quintas-feiras, dias em que tradicionalmente não há transmissão na TV aberta, com exceção apenas de uma (19/4).

Nem os jogos do Corinthians no Paulista colocam em risco a transmissão das partidas do Palmeiras, pelo menos na primeira fase do Estadual.

A equipe do Parque São Jorge não tem jogos marcados para as mesmas datas das partidas do Palmeiras.

Os jogos do Flamengo pela fase de grupos da Libertadores acontecem também exclusivamente às quartas-feiras: 8/3, 15/3, 12/4, 26/4, 3/5 e 17/5.


SporTV e Fox Sports costuram acordo, mas ESPN já fica sem Copa do Brasil
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O SporTV, canal de esportes da Globosat na TV fechada, e o canal de esportes Fox Sports costuram um acordo por meio do qual os dois canais repartirão entre si jogos da Libertadores e da Copa do Brasil, o blog apurou.

A negociação respingou na ESPN. Como consequência da movimentação de direitos entre SporTV e Fox Sports, a ESPN, que há muitos anos vinha exibindo ao vivo partidas da Copa do Brasil, a partir deste ano não poderá mais transmitir os jogos da competição.

A emissora de origem americana, que transmitia o evento desde 2009, decidiu não aceitar o aumento no valor cobrado pela Globo para o sub-licenciamento do torneio. A ESPN entendeu que não valeria a pena gastar a quantia pedida para transmitir partidas sem exclusividade, já que dividiria o mesmo jogo ou com a Sportv ou com a Fox Sports.

Mas a ESPN poderá usar os highlights das partidas, assim como acontece com as partidas do Brasileiro, para utilização em seus programas noticiosos.

Pelo acordo, SporTV e Fox Sports repartirão as partidas da Libertadores.

Ou seja, cada emissora escolherá quais partidas irão exibir com exclusividade, e não deve haver jogos exibidos pelas duas emissoras.

A Fox Sports, que já transmitia jogos da Copa do Brasil, mas em uma quantidade menor, este ano poderá transmitir mais jogos da competição graças ao acordo que está praticamente fechado.

Confira a nota oficial da ESPN anunciando o fim da transmissão da Copa do Brasil:

“Por questões estratégicas, a ESPN optou por não transmitir a Copa do Brasil em 2017. O canal reforça seu posicionamento de entregar ao fã do esporte a mais ampla variedade na programação esportiva, com transmissões das principais ligas americanas, o melhor do futebol internacional, tênis e esportes radicais. Referência pela credibilidade de seu jornalismo, a ESPN segue investindo na apuração e análises das mais diversas modalidades esportivas.”


Globo aposta em partidas do Palmeiras e Flamengo na Libertadores de 2017
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Globo requisitou à organização da Libertadores a transmissão de todos os jogos de Palmeiras e Flamengo na fase de grupos da Libertadores deste ano, o blog apurou. Nesta fase, as equipes tem seis jogos cada.

A aposta no Palmeiras, para a praça de São Paulo, se justifica pelo fato de o clube ter sido campeão brasileiro, pela ausência de São Paulo e Corinthians, tradicional destaque das transmissões. Curiosamente, todos os seus jogos na fase foram alocados para quartas-feiras.

As partidas estão previstas para acontecer nos dias 8/3, 15/3, 12/4, 26/4, 3/5 e 24/5.

Os jogos já listados do Santos foram marcados para terças ou quintas-feiras, com exceção apenas de uma (19/4).

Tampouco há a possibilidade de a Globo exibir no lugar dos jogos do Palmeiras partidas do Corinthians no Paulista, ao menos na primeira fase do Estadual. A equipe do Parque São Jorge não tem jogos marcados para as mesmas datas das partidas do Palmeiras.

Os jogos do Flamengo pela fase de grupos da Libertadores acontecem também exclusivamente às quartas-feiras: 8/3, 15/3, 12/4, 26/4, 3/5 e 17/5.


F. Melo receberá de acordo com produtividade que mostrar no Palmeiras
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O meia Felipe Melo, 33, que está próximo de acordo com o Palmeiras para o Paulista e Libertadores, aceitou a inclusão de uma cláusula em seu futuro contrato que prevê que o ganho mensal do jogador dependa de sua produtividade, onde terá que atingir uma série de metas para ganhar mais.

Na negociação que está perto de ser fechada, o jogador recebeu a garantia de que receberá cerca de R$ 350 mil mensais fixos, mas dependendo de seus próprios esforços, esse valor pode aumentar, e muito, com a inclusão das luvas e bonificações complementares.

O contrato de produtividade oferece prêmios com base em metas atingidas pelo clube e jogadores. Entra no cálculo de quanto receberá as luvas recebidas para assinar, a regularidade de participação nas partidas disputadas e eventuais conquistas de títulos, por exemplo.

Facilitou o desfecho da negociação com o Palmeiras o fato de o jogador ter conseguido em sua saída da Inter de Milão o pagamento de uma remuneração, um colchão financeiro que garante ao meia a manutenção de seu padrão de vida, mesmo recebendo menos no clube do Parque Antarctica, segundo informou ao blog uma fonte ligada às negociações.

Durante as tratativas, dirigentes do Palmeiras ressaltaram a estrutura com a qual o clube conta, o ambiente e também os planos de o time disputar o Mundial de clubes no final do ano.

Além de ter participado da Copa do Mundo de 2010 pela seleção, o meia também passou pela Juventus, Galatasaray e Inter de Milão.

No fim do ano passado, o meia chegou a “namorar” com o Flamengo, mas as negociações não avançaram.

Além de Felipe Melo, o Palmeiras já havia anunciado as chegadas de Guerra, Raphael Veiga, Hyoran, Michel Bastos e Keno.