Blog do Ohata

Violência enfraquece lobby do Rio para receber final da Libertadores-2019

Eduardo Ohata

O Estádio Nacional, de Lima, no Peru, ganhou força entre cartolas da Conmebol, e se tornou uma das cidades preferidas para servir de palco da final da Libertadores de 2019. Hoje há forte tendência para que a decisão da competição aconteça em somente uma partida.

O Rio de Janeiro, com o Maracanã, vinha como um forte candidato a receber a primeira decisão em partida única da competição continental. Porém ficou mal visto após os episódios de violência entre torcedores do Flamengo e do argentino Independiente, antes e depois da decisão da Copa Sulamericana, disputada justamente no Maracanã e também organizada pela Conmebol.

Houve agressões entre torcedores brasileiros e argentinos, bombas, invasões ao estádio e pedradas no ônibus da delegação argentina.

Há vários argumentos apresentados por quem defende o Estádio Nacional, que começam pela própria qualidade do estádio multiuso, mas englobam a área de logística, pois na cidade há vôos para todos os destinos relacionados aos times que disputam a Libertadores.