Record – Blog do Ohata http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br Cobertura de esportes olímpicos, lutas, bem como na garimpagem de histórias saborosas do esporte. Mon, 03 Sep 2018 07:00:31 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Record compra direitos de “torneio de verão” que reúne elite europeia http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2018/06/13/record-compra-direitos-de-tv-de-torneio-que-reune-elite-europeia-de-clubes/ http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2018/06/13/record-compra-direitos-de-tv-de-torneio-que-reune-elite-europeia-de-clubes/#comments Wed, 13 Jun 2018 07:00:24 +0000 http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/?p=12912 A Record adquiriu os direitos da International Champions Cup, que funciona como um torneio de pré-temporada européia que reúne, entre outras 12 equipes de ponta, Barcelona, Real Madrid, Chelsea, Liverpool, PSG e Roma. Certas condições abririam possibilidade de jogos serem exibidos pelo grupo na TV aberta.

A competição começa logo após a Copa do Mundo da Rússia, no dia 20 de julho, com uma partida entre Manchester City e Borussia Dortmund, nos EUA, onde a maior parte das partidas da International Champions Cup serão disputadas. Jogos também serão realizados na Europa e até na Ásia, em Cingapura.

É certo que as partidas serão exibidas pela Record News e por meio de aplicativo que a Record lançará chamado Play Plus. Mas, se estrelas como Neymar ou Messi forem escalados por cláusulas contratuais, mesmo que por tempo limitado, abre-se a possibilidade de a Record abrir espaço em sua grade na TV aberta.

O grupo Record já havia “namorado” o futebol ano passado, quando recebeu em sua sede representantes da CBF e conheceu o pacote de partidas da seleção que incluía amistosos e eliminatórias para a Copa-2022 a serem disputadas no país. O representante da ICC é Patrick Nally, ex-agência Team da Uefa.

As equipes farão três jogos cada, e o vencedor será definido por critérios que passam pela pontuação, confronto direto, saldo de gols, gols marcados, retrospecto contra o mesmo adversário, e incluem até o fair play, com menos expulsões, cartões amarelos e faltas. O último critério é o “cara ou coroa”.

Trata-se de um pacote atraente em especial para o ganhador do leilão dos direitos da Champions para o Brasil, já que o torneio pode funcionar como um “esquenta” da Champions, dada a grande quantidade de jogos com equipes que disputarão a competição, inclusive no horário nobre brasileiro. A Record adquiriu os direitos para todas as mídias por um período de três anos.

 

]]>
2
Record e Band cogitam concorrer com Globo por jogos da seleção brasileira http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2017/09/19/record-e-band-cogitam-concorrer-com-globo-por-jogos-da-selecao-brasileira/ http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2017/09/19/record-e-band-cogitam-concorrer-com-globo-por-jogos-da-selecao-brasileira/#comments Tue, 19 Sep 2017 07:00:31 +0000 http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/?p=8281 Record e Band mostraram interesse nos últimos dias de participar do leilão organizado pela CBF pelos jogos da seleção brasileira, incluindo eliminatórias da Copa e amistosos. O Grupo Globo, por sua vez, não escondeu que participaria da disputa pelo pacote.

As diretorias de Record e Band contemplaram nas últimas semanas a possibilidade de participar do leilão, segundo foi confirmado ao blog. Circulou no mercado que SBT também participaria, embora a emissora paulista tenha desqualificado oficialmente a informação.

Não foi confirmado, no caso de Record e Band, se suas cúpulas finalmente decidiram dar lances.

A Band é parceira da Globo de longa data e a Record mostrou interesse pelos direitos de futebol em 2011, no caso pelo Brasileiro, mas de última hora acabou não apresentando um lance. Porém inflacionou o mercado para a Globo.

O prazo final definido pela agência Sinergy, contratada pela CBF para organizar o leilão, para a apresentação de propostas se encerra esta terça-feira (19), às 11h.

Houve um incremento nos valores pedidos pelas partidas já que da parte da CBF há o entendimento de que havia uma margem grande entre o que se cobrava e o lucro que a Globo vinha obtendo, o blog apurou.

A emissora ou grupo que vencer o leilão ficará com a tarefa de cuida da produção das transmissões dos jogos.

A Sinergy ofereceu ao mercado dois pacotes, que contemplam 37 partidas da seleção nacional deste ano até 2022: O primeiro dá direito de transmitir todos os jogos em qualquer plataforma de televisão (aberta, fechada, pay-per-view) e digitais (internet, celular, aplicativos, mídias sociais etc). Já o segundo dá o direito de transmitir pelas plataformas digitais. Para o primeiro pacote, o preço mínimo é de US$ 3,5 milhões por partida. No segundo pacote, cada jogo tem o valor mínimo de US$ 500 mil.

Uma emissora ou grupo pode ter a exclusividade total se ganhar o leilão pelos dois pacotes.

Em junho, a CBF levou amistosos da seleção ao mercado, após não chegar a um acordo comercial com a Globo, que por anos vinha transmitindo os jogos da equipe nacional. A TV Cultura transmitiu as duas partidas na TV aberta.

]]>
18
Entenda por que Globo não entrou em disputa forte por amistosos da seleção http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2017/06/01/entenda-porque-globo-nao-entrou-em-disputa-forte-por-amistosos-da-selecao/ http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2017/06/01/entenda-porque-globo-nao-entrou-em-disputa-forte-por-amistosos-da-selecao/#comments Thu, 01 Jun 2017 03:00:53 +0000 http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/?p=6585 “A Globo prefere atacado, e não varejo”. Essa frase do diretor de direitos esportivos da Globo, Fernando Manuel Pinto, explica o motivo que levou a emissora a não entrar em uma briga forte pelos direitos dos amistosos da seleção, contra Argentina e Austrália, nos dias 9 e 13, em Melbourne. E também deixa transparecer que foi uma questão financeira que inviabilizou a transmissão dos jogos pela Globo.

Após a negociação da CBF chegar a um impasse com a Globo, a confederação comprou espaço na grade da TV Brasil para transmissão da partida, levou negativas da Band e Record, negocia com uma terceira emissora de TV aberta e com canais de esporte na fechada.

O blog questionou o executivo sobre a polêmica que passou a envolver os dois amistosos da seleção, CBF e Globo. Mas Fernando Manuel, diplomático em relação à confederação, evitou se referir de forma específica aos amistosos da seleção brasileira.

“O Grupo Globo, assim como outros players de mídia que investem em direitos mundo afora, de fato valoriza as discussões de aquisição no atacado e não no varejo”, argumentou ao blog o executivo. “As propriedades se tornam mais interessantes quando contratadas com antecedência e por ciclo de competições, às vezes de seis anos, como fizemos com o Brasileiro [de 2019 a 2024], Copa do Brasil, Copa do Mundo e Olimpíada.”

O blog o questionou sobre o caso dos dois amistosos da seleção e, de novo, Fernando Manuel, evitou citar especificamente os dois jogos que vem causando polêmica com a CBF. Mas a explicação claramente cabe à situação.

“Em negociações pontuais muitas vezes não se consegue sequer mensurar, planejar e construir o retorno esperado ao investir nos direitos, além de não trazer a necessária segurança de que você estará ‘regando no lugar certo para colher os frutos esperados depois’. Só o longo prazo, com antecedência e preparação, traz isso”, apontou o executivo, ao fazer uma ressalva. “Isso não significa que não fazemos acordos pontuais, claro que fazemos, mas especialmente em produtos de alto investimento levamos em consideração o quão estratégico será, na venda do conteúdo aos patrocinadores e anúncio ao público, poder falar, ‘olha, tenho essa propriedade no meu portfólio até 2024’, por exemplo.”

]]>
7
Globo fica sem rivais na disputa por Brasileirão e clubes perdem trunfo http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2016/01/07/record-e-rede-tv-descartam-disputa-por-brasileiro-e-clubes-perdem-trunfo/ http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2016/01/07/record-e-rede-tv-descartam-disputa-por-brasileiro-e-clubes-perdem-trunfo/#comments Thu, 07 Jan 2016 08:00:21 +0000 http://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/?p=757 Record e Rede TV!, emissoras que protagonizaram com a TV Globo em 2011 a última grande negociação de direitos do Brasileiro para a TV aberta, que culminou na implosão do Clube dos 13, descartam disputar com a emissora do Rio os direitos do Brasileiro-18/19 para a TV aberta.

Ou seja, o caminho está aberto para a Globo negociar com os clubes de futebol sem a pressão de ter de igualar ou melhorar as propostas de concorrentes.

A decisão frustra os grandes clubes do futebol brasileiro que conversam com o canal Esporte Interativo sobre a venda dos direitos do para a TV fechada do Nacional no período. Cartolas de ao menos dois clubes que conversam com o Esporte Interativo ouvidos por este blog acreditavam que seu poder de negociação seria fortalecido pela presença de concorrentes da Globo na TV aberta.

Entre os clubes que chegaram a conversar com o Esporte Interativo estão Santos, Fluminense, Grêmio, Inter, Atlético-PR, Coritiba, Bahia e Sport.

“Nesse momento, a Record não tem interesse na disputa por esses direitos”, informou ao Blog Hiran Silveira, diretor de aquisições e relações internacionais da TV Record. “Essa eventual compra [dos direitos do Brasileiro-18/19] não está incluída em nossos planos de investimentos para o próximo biênio.”

O setor de aquisições da Rede TV!, comandada por Franz Vacek, respondeu por meio de sua assessoria de imprensa que “não há interesse [em adquirir os direitos do Brasileiro-18/19]”. Segundo apuração do Blog, os motivos seriam estratégicos.

Este blog revelou no último dia 23 que grandes clubes de futebol conversavam com o Esporte Interativo os direitos do Brasileiro-18/19. A emissora chegou a acenar com um bônus de cerca de R$ 40 milhões para os clubes que assinassem.

O executivo que tradicionalmente negociava pela Globo os direitos de transmissão com os cartolas era Marcelo Campos Pinto, que deu lugar a Pedro Garcia e Roberto Marinho Neto. Cartolas comentam que ainda “estão se acostumando” ao estilo da dupla, após muitos anos negociando com seu antecessor. Em 2011, com a concorrência de Record e Rede TV!, Campos Pinto negociou individualmente com todos os clubes os direitos do Nacional.

O Esporte Interativo necessita dos direitos de transmissão do Brasileiro para preencher sua grade, especialmente agora que passaram a fazer parte da grade da programadora NET, que detém 51,75 % de participação do mercado (10 milhões de assinantes). O canal ainda não fechou com a Sky, dona de quase 29% do mercado.

A emissora tem como destaques a Liga dos Campeões e a Copa do Nordeste, mas precisa de mais atrações ao vivo de futebol para atrair o espectador no período da noite e fins de semana. A aquisição do Esporte Interativo pelo grupo Turner anima os cartolas brasileiros. Eles argumentam que se a Turner conseguiu adquirir a Liga dos Campeões é porque tem os bolsos fundos o bastante para apresentar ótimas propostas pelo Campeonato Brasileiro.

]]>
22