Blog do Ohata

Arquivo : The Rock

Chegada de ex-UFC Ronda Rousey ao telecatch já gera ciúmes em novas colegas
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A atenção dirigida à chegava da ex-campeã e estrela do UFC, Ronda Rousey, à WWE gerou queixas de pelo menos duas de suas novas colegas de trabalho e uma recepção fria da parte de outras.

A ex-campeã Nikki Bella, mulher do lutador John Cena, um dos maiores ídolos do telecatch (e da WWE, em particular), reagiu a um post no Twitter oficial da WWE na qual a empresa promovia a “opinião sincera de Ronda Rousey logo após chocar o universo WWE [ao aparecer] no [evento de telecatch] Royal Rumbe”.

“Você não quer saber também quais foram as opiniões sinceras das outras 30 mulheres [que participaram do Royal Rumble]?”, tuitou Nikki Bella, por meio da conta que possui com sua irmã gêmea Brie.

Foi uma alusão ao fato de o Royal Rumble deste ano ter sido palco pela primeira vez de um combate envolvendo 30 mulheres, o que já era tradição para os homens neste pay-per-view, mas que jamais havia sido feito para a divisão feminina da empresa.

Quando a WWE anunciou que o Raw, principal programa semanal da empresa que acontece após o Royal Rumble, estaria reprisando “o momento sobre o qual todos estão falando”, outra lutadora da empresa, Nia Jax, se manifestou.

“Legal que ela está aqui… Acho que o fato de 30 mulheres terem feito história pode ser esquecido…”, disparou Nia, via Twitter.

Outras lutadoras saíram na linha de que são profissionais e que trabalham bem com qualquer pessoa, mas sem tecer grandes elogios.

Essa negatividade pode afetar a carreira de Ronda? Sim. Em suas biografias, vários lutadores da WWE, como os ex-campeões Chris Jericho e Bret Hart, e até o dono da WWE, em entrevistas, Vince McMahon, salientaram que há muita política no vestiário da WWE, um fator importante, já que a credibilidade da performance de uma lutadora depende do trabalho e cooperação das suas colegas. Não é segredo que as lutas são coreografadas, a ação detalhada em scripts e os resultados dos combates, pré-determinados.

No momento, tudo indica que há grandes planos para Ronda. Publicações especializadas divulgaram que há um forte rumor de que a WWE pretende organizar na Wrestlemania, principal show anual da empresa, uma luta mista, entre Ronda e Dwayne “The Rock” Johson contra a dona da companhia, Stephanie McMahon e seu marido, o lutador conhecido como “Triple H”.

Em sua participação anterior na WWE, em 2016, Ronda ajudou “The Rock” a conseguir a vitória sobre a mesma dupla. A explicação para Ronda participar de uma luta mista é a de que ela ainda está “verde” para fazer uma luta solo no maior show do ano.

Como a negociação não está fechada com Dwayne Johnson, a WWE publicou em seu site, no fim de semana, um post explorando as cinco principais rivalidades em potencial para Ronda na empresa.

 

 

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>