Blog do Ohata

Arquivo : ESPN

Efeito Neymar: SporTV vê audiência dos jogos do PSG subir 204%
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A audiência das cinco partidas do PSG nas quais Neymar esteve em campo nesta temporada, após sua transferência, mais do que triplicou em relação às cinco partidas correspondentes da temporada 2016/17.

O número de pessoas impactadas este ano pela transmissão das cinco partidas do PSG, já com o brasileiro atuando, pelo SporTV, cresceu 204% em relação aos jogos respectivos de 2016, segundo uma análise de números do Ibope à qual o blog teve acesso.

Foram utilizados como parâmetro de comparação apenas as seis primeiras partidas das duas temporadas para evitar distorções.

Ao analisar os números de todas as partidas disputadas pelo PSG este ano, pela temporada 2017/18, incluindo a primeira na qual Neymar não atuou, mas esteve no estádio apoiando os novos companheiros, o número de pessoas impactadas pela transmissão do SporTV foi 164% maior, ou mais do que dobrou, em relação às seis partidas correspondentes da temporada 2016/17.

Nos períodos nos quais foram transmitidos os jogos do PSG, o SporTV foi líder geral na TV por assinatura, com mais do que o dobro (134% a mais) de pessoas alcançadas do que o canal segundo colocado geral; e 282% mais, ou quase quatro vezes mais, audiência do que o segundo colocado entre os canais esportivos, a ESPN, que vem transmitindo as mesmas partidas do PSG.

Mesmo perdendo para o SporTV, a audiência dos jogos do PSG na ESPN, que sublicencia os direitos do Globosat, quintuplicou em relação ao mesmo período da temporada passada, o blog apurou.

Graças aos bons índices de audiência do PSG, SporTV e ESPN planejam exibir todos os jogos do time na temporada. O contrato do Francês com o Grupo Globo se encerra nesta temporada.

O PSG é o líder invicto do Francês. Sua próxima partida será contra o Montpellier, neste sábado, nos domínios do adversário.

Veja também:

Cuca culpa PSG, e Muricy, Unai: opiniões sobre a briga Neymar x Cavani

Jornal: Neymar pede desculpas ao elenco do PSG. Thiago Silva foi tradutor

 


Canelo-Golovkin beneficiou brasileiros medalhistas por tabela. Confira como
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Antes mesmo de acontecer, a superluta de boxe entre Saul “Canelo” Alvarez e Gennady Golovkin, que terminou em empate, em Las Vegas, na madrugada deste domingo, beneficiou o brasileiro campeão mundial amador, Everton Lopes, e o brasileiro medalha de bronze na Olimpíada de Londres-12, Yamaguchi Falcão.

Graças a Canelo-Golovkin, por tabela, Lopes e Yamaguchi ganharam uma importante janela para ter seus combates transmitidos em rede nacional nos EUA, América Latina, Canadá, Caribe, Austrália e parte da Ásia.

Lopes, por exemplo, participará da programação da Golden Boy Promotions a ser exibido pelaESPN, no próximo dia 30, inclusive para o Brasil. A previsão é de que o combate de Lopes abra a parte televisionada da programação, que começa às 23h.

Mas o que isso tem a ver com Canelo-Golovkin?

Para começar, Canelo, Everton e Yamaguchi são contratados da empresa promotora Golden Boy Promotions, de Oscar de la Hoya.

Não é segredo que De la Hoya adiou o máximo que pôde o duelo de Canelo com o cazaque Golovkin. Afinal, Canelo é a “galinha dos ovos de ouro” de De la Hoya. Provavelmente, além do temor por uma eventual derrota de Canelo, passou pela cabeça de De la Hoya o fato de não ter conseguido transformar nenhum outro outro contratado em lutadores que transcendem o boxe, capturam a imaginação de quem não segue o boxe e que seguem em seus auges.

Assim, antes de oficializar o inevitável duelo com Golovkin, a Golden Boy Promotions anunciou um acordo com a ESPN,o  que  passou a proporcionar mais datas na TV a seus contratados, visibilidade e acelera o processo de transformá-los em “nomes” conhecidos. Até então a Golden Boy tinha datas na Estrella TV, de bem menor alcance, e HBO, com tradição no boxe, mas com poucas datas.

O próprio De la Hoya explicou que o acordo com a ESPN tem como objetivo fazer seus lutadores crescerem como atrações.

Yamaguchi tomou vantagem da sua oportunidade ao vencer o americano Morgan Fitch, seu melhor adversário, em setembro.

Agora chegou a vez de Everton, que passou por cirurgias nos ombros em março e junho do ano passado e voltou a lutar em setembro.

“Passei por duas cirurgias nos ombros porque tive síndrome do impacto, não conseguia treinar por causa das dores. [Agora] meus ombros estão bem, os treinos foram bons. A cada dia trabalho para não ter a lesão novamente”, explicou Everton ao blog.


Globo já definiu como será a transmissão na TV aberta da Copa do Mundo
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Globo já definiu, em linhas gerais, como será a transmissão da próxima Copa do Mundo, que acontece na Rússia, no ano que vem.

Todos os 64 jogos da Copa serão transmitidos na TV aberta, apesar de algumas partidas encavalarem no fim da primeira fase. Assim, a Globo transmitirá ao vivo 56 partidas e planeja exibir os oito jogos restantes em videoteipe, em horários alternativos.

Mesmo com a crise financeira, que dificulta a celebração de parcerias com outras emissoras, as transmissões de todos os jogos do Mundial serão feitas com as equipes de narradores, comentaristas e repórteres “in loco”.

Porém, como foi o caso na Copa das Confederações, que serviu de “laboratório” para o Mundial, parte das operações de engenharia acontecerão a partir do Brasil, graças ao acesso remoto. Outra medida para cortar custos será a otimização de recursos, com equipe formada por profissionais da Globo e Globosat. O Grupo Globo estuda o número de profissionais que serão enviados à Rússia.

Uma diferença fundamental em relação à cobertura da Copa de 2014 será o período mais enxuto de cobertura do Mundial da Rússia. No caso da Copa no Brasil a cobertura passou a ser intensa desde maio de 2013 até agosto de 2014, mas porque foi realizada aqui.

Tampouco é cogitada a criação de novos canais, como aconteceu durante a Olimpíada do Rio, quando as competições foram distribuídas em 56 canais de vídeo e internet.

A Globo ainda negocia acordo de transmissão na TV aberta com a Band, sua parceira de longa data. Na fechada, já sublicenciou os direitos à Fox Sports e negocia os highlights com a ESPN.


Pela terceira semana seguida, Neymar e PSG lideram audiência na TV paga
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A goleada do PSG sobre o Toulouse, no último domingo, com gols de Neymar, deu ao SporTV a liderança absoluta de audiência no horário pela terceira semana consecutiva.

O canal alcançou 2,7 milhões de pessoas, segundo levantamento do Kantar Ibope, que teve como base o universo total de assinantes da TV paga sintonizados no horário da partida.

A ESPN, ao exibir a mesma partida, foi o segundo canal de esporte mais assistido no mesmo período.

Em segundo lugar na audiência geral ficou o canal de filmes Space, seguido por ESPN, o infantil Cartoon Network e um segundo canal de filmes, o Megapix.

Na estreia de Neymar, o SporTV já registrara a melhor audiência entre todos os canais por assinatura ao exibir jogo do PSG, assim como na partida de abertura do Francês, contra o Ameins, logo após Neymar fechar com o clube francês.

SporTV e ESPN exibirão todos os jogos do Francês na temporada. A Globo, inclusive, pensou em transmitir a estreia de Neymar na TV  aberta. Mas até o momento não exibiu nenhum jogo e tampouco o fará nesta sexta (25), quando o PSG enfrentará o Saint-Étienne.

A agência BEin, que representa os direitos do Francês, avisou o mercado de que não lançaria seu leilão até que a transferência de Neymar estivesse concretizada.


Globo oficializa acordo por Copa-18 com Fox Sports e ainda negocia com Band
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Fox Sports assinou contrato com a Globo para a transmissão da Copa do Mundo da Rússia no ano que vem.

A Globo negocia com a Band, na TV aberta, mas as tratativas esbarram em questões financeiras. A ESPN já definiu que não irá adquirir os direitos de transmissão, e a Globo pelo menos até o momento não trata do assunto com o Esporte Interativo.

A Fox Sports adquiriu os direitos de transmissão dos 64 jogos disputados entre 14 de junho e 15 de julho do ano que vem, e exibirá todas as partidas. O acerto entre as emissoras já estava apalavrado.

Segundo o canal, ao longo de 32 dias, os canais Fox Sports e Fox Sports 2 terão mais de 760 horas de transmissão, com exibição ao vivo de todos os jogos da Copa e ampla cobertura nas onze cidades-sede.

“Estamos felizes por poder transmitir pela segunda vez consecutiva um evento de característica única e tão importante como esse”, disse Carlos Martinez, presidente da Fox Networks Group Latin America.

“O Fox Sports já mostrou que é capaz de cobrir de forma impecável a Copa do Mundo, em 2014, e os Jogos Olímpicos, em 2016”, afirmou Eduardo Zebini, v ice da Fox Sports Brasil.


‘El Classico’ leva ESPN à liderança em super-quarta de futebol na TV paga
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A transmissão do clássico espanhol entre Barcelona e Real Madrid rendeu à ESPN a maior audiência em transmissões de futebol na quarta (16), que também teve pela Copa do Brasil Flamengo x Botafogo e Grêmio x Cruzeiro e, pela Liga dos Campeões, Napoli x Nice.

Com a final da Supercopa da Espanha, a ESPN registrou 2,05 de audiência, o que representa mais de 800 mil telespectadores impactados, entre homens entre 18 e 49 anos, em quinze mercados, dados coletados pelo Kantar Ibope Media.

As equipes de Cristiano Ronaldo e Messi já haviam se enfrentado na pré-temporada em Miami e na primeira partida da decisão da Supercopa.

Na quarta-feira, a segunda melhor audiência com um jogo de futebol ficou com o SporTV, que exibiu Flamengo x Botafogo, pela Copa do Brasil. A emissora registrou 1,97 pontos. Com a mesma partida, a Fox Sports marcou 0,68 pontos.

O SporTV 2 obteve 1,19 pontos com Grêmio x Cruzeiro, também pela Copa do Brasil.

O dia também teve, pela Liga dos Campeões, Napoli e Nice, com 0,43 pontos, exibido pelo Esporte Interativo, foi a quinta audiência.

 


Estreia de Neymar emplaca 1º e 2º lugares na audiência da TV por assinatura
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A estreia de Neymar no PSG, pelo Campeonato Francês, na tarde de domingo, rendeu aos dois canais que transmitiram a partida, SporTV e ESPN, respectivamente a primeira e segunda colocações entre todos os canais por assinatura no período do jogo.

Os dois canais de esporte deixaram para trás não apenas os demais canais de conteúdo esportivo, mas também os infantis, como o Cartoon Network, terceira melhor audiência no horário; os dedicados a filmes, como o Megapix, quarto; e de variedades, como o Discovery (quinto).

O SporTV atingiu 2,8 milhões de pessoas, registrando a maior audiência para uma partida do Francês na história da TV paga no Brasil.

A pesquisa teve como base o universo total de assinantes da TV paga sintonizados no horário da partida, segundo medição do Kantar Ibope.

O recorde anterior havia sido registrado justamente na semana anterior, com a partida do PSG na abertura do Francês, contra o Ameins, com a presença de Neymar nos bastidores.

No primeiro jogo com a camisa do novo time, contra o Guingamp, o brasileiro fez um gol e ajudou o PSG a vencer os donos da casa por 3 a 0.

SporTV e ESPN, sublicenciado do Grupo Globo, transmitirão todos os jogos do PSG no Francês na temporada 2017/18.

A agência BEin, que representa os direitos de TV do Francês, avisou o mercado de que não lançaria seu leilão até que a transferência de Neymar estivesse concretizada.

A Globo cogitou transmitir a estreia de Neymar na TV aberta, mas pesou o Brasileiro ter partidas no mesmo horário.

Apesar disso, por conta do potencial da estreia de Neymar, a Globo investiu no jogo do PSG, deslocou correspondente de Portugal até a França, mostrou lances do jogo da partida durante o Brasileiro e “contaminou” seus programas noticiosos com reportagens sobre a partida.

 

 


Efeito Neymar: ESPN e SporTV exibirão todos os jogos do PSG no Francês
Comentários Comente

Eduardo Ohata


O interesse do público pelos detalhes da transferência de Neymar do Barcelona para o PSG foi tão impactante, que duas emissoras de TV no Brasil, a ESPN e o SporTV, decidiram cada uma transmitir todas as partidas do clube no Francês, durante a temporada 2017/18.

Ou seja, até a Copa do Mundo de 2018, o telespectador poderá escolher em qual emissora acompanhará os jogos do PSG, já que os dois canais transmitirão ao mesmo tempo para o público brasileiro as partidas da equipe francesa.

Os direitos do Francês pertencem ao Grupo Globo, mas ele os sublicencia à ESPN. O contrato dá direito à ESPN escolher até três partidas para transmitir do Francês por rodada, mas não existe uma cláusula exclusividade de jogos.

Logo que a transferência foi confirmada, executivos das emissoras esfregaram as mãos enquanto lembravam que toda a preparação do principal nome da seleção brasileira acontecerá com um uniforme do PSG.

Haverá um incremento na exposição do PSG ao público brasileiro, já que na temporada 2016/17 nenhum dos canais transmitiu todas as partidas do clube. Do total de 38 jogos, o SporTV exibiu 35 e a ESPN, 23.

Se necessário, a ESPN lançará mão de seu novo canal, o ESPN Extra, para transmitir o Francês.

O Francês nesta temporada terá novamente 38 rodadas, e o PSG  jogará em todas.

A Globo chegou a cogitar a possibilidade de exibir a partida de estreia de Neymar na TV aberta, preferiu transmitir jogos do Brasileiro, mas abriu espaço à partida do Francês, durante Atlético-MG x Flamengo e Vasco x Palmeiras.

No mercado há o entendimento de que a agência BEin, representante do Francês, acredita que houve valorização imediata do campeonato com a transferência de Neymar ao PSG.

Ao menos na rodada de abertura, que nem contou com a atuação do brasileiro, a leitura da BEin esteve correta: O SporTV liderou entre todos os canais por assinatura com a partida do PSG, e a ESPN foi a segunda emissora de esporte em audiência com o mesmo jogo.

Neymar vai jogar na França, mas o “francesão” não é só o PSG


Efeito Neymar: Jogo do PSG rende liderança ao Sportv
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Neymar não fez sua estreia pelo PSG. Mas sua presença no Parque dos Príncipes, durante a transmissão da partida com o Ameins, pela rodada de abertura do Francês, na tarde de sábado, catapultou o Sportv à liderança absoluta entre todos os canais por assinatura.

A ESPN Brasil, que exibiu a partida do PSG simultaneamente ao Sportv, foi o segundo canal de esporte mais assistido no horário.

No Sportv, o jogo alcançou mais de 1,7 milhão de pessoas, o que deu ao canal a liderança no horário. A pesquisa teve como base o universo total de assinantes da TV paga sintonizados no horário do jogo, segundo medição do Kantar Ibope.

Em segundo e terceiro lugares na TV por assinatura ficaram os canais infantis Cartoon Network, seguido pelo Discovery Kids. A ESPN Brasil foi o quarto.

A partida também rendeu um recorde histórico em transmissões do Francês.

Na Globo, que detém os direitos de transmissão do Francês na TV aberta, é cogitada a transmissão da estreia de Neymar no PSG.

Até a transferência de Neymar ao PSG, o Francês era relegado a um segundo, ou até terceiro, plano pelas emissoras com programação esportiva.


Globo comemora Neymar no PSG e já cogita mostrar estreia na TV aberta
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Executivos da Globo festejaram a transferência de Neymar do Barcelona para o PSG, clube que disputa o Francês, campeonato do qual a emissora tem os direitos pelo menos até o meio do ano que vem.

O principal motivo da comemoração nos corredores da Globo é o fato de toda a preparação de Neymar para a Copa do Mundo da Rússia irá acontecer enquanto o brasileiro estiver vestindo o uniforme do PSG.

Além de Neymar, o time parisiense tem outros três jogadores da seleção, os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos e o lateral Daniel Alves. Os dois últimos, titulares absolutos de Tite.

As partidas do Francês são transmitidas na TV fechada brasileira pelo Sportv e ESPN, para quem a Globosat sublicencia os direitos.

Quem sai perdendo com a transferência é a Fox Sports, para quem a ESPN sublicencia os direitos do Campeonato Espanhol.

O Sportv transmitirá a apresentação do jogador no próximo sábado, sua estréia, e todas as demais partidas do PSG na temporada 2017/18. A ESPN também confirmou que exibirá o jogo de sábado.

O grupo Globo ressaltou que detém também os direitos para a TV aberta do Francês, mas não definiu se a Globo transmitirá a estréia de Neymar ou outras partidas do PSG. Porém logo que o ex-santista se transferiu para o Barcelona, a emissora, que não detinha os direitos do Espanhol, foi atrás e adquiriu os direitos da Copa do Rey com o objetivo único de exibir a estreia do brasileiro pelo time catalão. A Globo exibiu partidas da equipe na TV aberta até Neymar atuar pela primeira vez pelo Barcelona.

No dia em que a novela da transferência de Neymar para o PSG começou, a BEin, detentora dos direitos do Francês, informou o mercado brasileiro de que esperaria a definição da negociação entre jogador e clube para abrir o leilão pelos direitos de TV.

Até então, o Francês não estava valorizado no mercado brasileiro, e não se esperava muito dele. Até o grupo Globo pensava em abrir mão do campeonato.

A avaliação do mercado é a de que a BEin conluiu que, confirmada a transferência, todas as emissoras “cairão babando”. Até o fim da noite desta quinta-feira, não havia novidades sobre o leilão.