Blog do Ohata

Arquivo : Grêmio

Estréia do Grêmio no Mundial dobra audiência da Globo em Porto Alegre
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A vitória do Grêmio sobre o Pachuca, em sua estreia no Mundial de Clubes da Fifa, na tarde desta terça-feira (12), rendeu à Globo o dobro da audiência em comparação ao habitual no horário.

Foram 38 pontos, 19 a mais do que a média das últimas quartas-feiras, segundo os números consolidados pela medição do Ibope Kantar.

Em São Paulo, a média foi de 15 pontos e no Rio, 19. Nos dois, a audiência foi um ponto maior do que a média das últimas quatro terças-feiras no horário.

A partir deste ano, cada ponto de audiência corresponde a 245.702 domicílios e a 688.211 espectadores.

A Globo exibirá na TV aberta a final entre o Grêmio e o vencedor da outra semifinal entre Real Madrid  e Al Jazeera.

Após meses de negociações da Fifa, por meio da sua representante Dentsu, com emissoras brasileiras, os direitos de transmissão foram fechados com o Grupo Globo. Dada a audiência e popularidade dos jogos do Grêmio na Libertadores, especialmente na reta final, a Globo decidiu transmitir as partidas do Mundial na TV aberta. O braço esportivo da Globosat na TV por assinatura, o SporTV, também exibe a competição.

O Mundial de Clubes também atraiu a atenção do Fox Sports, que decidiu exibir todas as partidas, após sublicenciar os direitos de TV.


Globo transmitirá na TV aberta jogos do Grêmio no Mundial de Clubes da Fifa
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Globo bateu o martelo que transmitirá na TV aberta todas as partidas que o Grêmio disputar no Mundial de Clubes da Fifa. A equipe de Porto Alegre estreia na próxima terça-feira, às 15h (horário de Brasília), na competição, em uma das semifinais.

Para abrir espaço na grade para acomodar a estreia do Grêmio no torneio, a emissora deixará de exibir na terça-feira o filme da “Sessão da Tarde”. Na outra semifinal, o Real Madrid já tem lugar garantido por ter se sagrado campeão da Champions.

É certo que a Globo terá de adaptar sua grade também no sábado, dia 16, quando os brasileiros disputarão a final, às 15h, ou a decisão do terceiro lugar (meio-dia).

Um fator que pesou na decisão foram os bons números de audiência alcançados pelo Grêmio na decisão da Libertadores, título que garantiu sua vaga na semifinal do Mundial de Clubes.

Em Porto Alegre, o segundo jogo da final registrou 51 pontos de audiência e 69% de participação dos televisores ligados no horário do jogo. Trata-se do recorde para uma partida de futebol na praça. O recorde anterior pertencia justamente ao primeiro jogo da final da Libertadores, que havia alcançado 47 pontos.

Em São Paulo, o jogo de volta da decisão obteve 28 pontos de audiência, 3 pontos acima da média do campeonato, e 42% de participação. No Rio, foram 29 pontos de audiência e 46% de participação.

Além do SporTV, braço na TV por assinatura da Globosat, o Fox Sports fechou acordo de sublicenciamento e exibirá todos os jogos do torneio.

A versão estendida da Libertadores tumultuou a negociação dos direitos do Mundial de Clubes, que se tornou uma autêntica novela, além de gerar problemas de logística até para os torcedores, que correm o risco de pagar preços salgados pelos ingressos do Mundial.

 

 

 

 


Jogos do Mundial de Clubes também serão exibidos pelo Fox Sports no Brasil
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O canal Fox Sports acaba de fechar contrato de sublicenciamento dos direitos de TV do Mundial de Clubes da Fifa e transmitirá todas as partidas da competição.

O Grupo Globo já havia assegurado os direitos de transmissão da competição por meio de negociação com a agência Dentsu, que representa a Fifa nas questões de direitos do Mundial de Clubes.

O Grêmio, que estreia no dia 12 de dezembro, em uma das semifinais, representará o Brasil. O Real Madrid também participa do torneio, cuja final acontece no dia 16.

A negociação dos direitos do Mundial de Clubes se arrastou durante meses, com a realização de dois leilões, frustrados, e alarmes falsos.

 


Com Grêmio classificado, Fox Sports negocia direitos de TV do Mundial
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O canal a cabo Fox Sports está em avançado estágio de negociação pelos direitos de transmissão do Mundial de Clubes da Fifa.

A negociação está muito bem encaminhada, mas falta assinar, informou ao blog fonte com trânsito com um dos pilotos da negociação.

O Grêmio carimbou nesta quarta-feira (29) o passaporte para o Mundial de Clubes ao confirmar a vitória sobre o Lanús, na final da Libertadores, aumentando consideravelmente o interesse dos brasileiros na transmissão da competição.

O Grupo Globo garantira os direitos de TV do Mundial de Clubes por meio de negociação com a agência de marketing Dentsu, que representa a Fifa neste caso.

O Grêmio estreia no dia 12 em uma das semifinais do Mundial de Clubes, que tem na outra semifinal o Real Madrid. A decisão acontece no dia 16.

A negociação dos direitos de TV do Mundial de Clubes se arrastou durante meses, com dois leilões frustrados e alarmes falsos.


Mundial de Clubes será exibido no Brasil pela Globo, após acordo com a Fifa
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Fifa, representada pela agência de marketing Dentsu, fechou com a Globo os direitos de TV do Mundial de Clubes. Outras emissoras brasileiras, na TV por assinatura, disputaram com a Globo os direitos da competição que pode ter um time brasileiro nessa edição.

As negociações com a Fifa vinham acontecendo desde antes da vitória do Grêmio por 1 a 0 sobre o argentino Lanús no jogo de ida da final da Libertadores. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira, de novo com transmissão pela Globo na TV aberta.

Apesar de a vitória do Grêmio não ter sido um fator determinante nas negociações, que foram concluídas nos últimos dois dias, se o time gaúcho carimbar o passaporte para Dubai, é certo que além do SporTV, braço esportivo na TV a cabo da Globosat, a Globo transmitirá também na TV aberta jogos da competição.

“Ficamos felizes em confirmar a cobertura de mais esta edição do Mundial de Clubes nas telas do Grupo Globo. Trata-se de evento tradicional, de grande relevância e que, nesta edição, dependendo da grande final da próxima quarta-feira, pode novamente contar com um gigante brasileiro, o Grêmio, que tem feito uma bela temporada”, disse Fernando Manuel Pinto, diretor de aquisições do Grupo Globo.

Porém, mesmo que o Lanús consiga uma virada sobre o Grêmio, há, sim, possibilidade de partidas do Mundial de Clubes serem exibidos na TV aberta, pois isso já aconteceu em edições anteriores. Na emissora acredita-se que o Real Madrid, que disputa essa edição, pode levar uma eventual final à TV aberta, mesmo sem a participação de uma equipe brasileira.

A Globo vem experimentando horários alternativos para eventos esportivos, mais recentemente com partida da seleção sub-17 no Mundial e, nesta quinta-feira (23) à noite, com o jogo do Flamengo pelas semifinais da Sulamericana.

A negociação dos direitos de TV do Mundial de Clubes se arrastou durante meses, com leilões frustrados e alarmes falsos. A nova versão estendida da Libertadores acabou causando problemas logísticos que afetaram não só a comercialização do Mundial de Clubes, como o planejamento das equipes que iriam participar e até os planos de viagem dos torcedores.

 


Fifa ‘torce’ por Grêmio para vender direitos de TV do Mundial de Clubes
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A menos de um mês da estreia do representante sul-americano no Mundial de Clubes da Fifa, previsto para o dia 12 de dezembro, a agência que representa seus direitos de TV, a Dentsu, ainda não fechou a transmissão com nenhuma emissora do Brasil.

Representantes do Mundial de Clubes da Fifa procuraram as TVs brasileiras armados com o argumento de que a competição ainda pode ter um representante brasileiro, o Grêmio, caso a equipe gaúcha supere o argentino Lanus para ser campeã da Libertadores.

A Globo confirmou que transmitirá na TV aberta, para a rede, nas próximas duas quartas-feiras, as partidas de ida e volta das finais da competição continental.

“Mas e se o Grêmio for o campeão??!”, foi o mantra repetido para executivos de emissoras de TV brasileiras. De toda a forma, executivos da Dentsu correm para tentar fechar, até antes da final da Libertadores, os direitos de TV para o Brasil.

Em tese, a não-participação de um time brasileiro no Mundial de Clubes pressionaria para baixo o valor dos direitos.

A Fifa frustrou-se com as TVs brasileiras ao ser obrigada a adiar por duas vezes leilões pelos direitos do Mundial de Clubes por o valor mínimo esperado pela Fifa não ter sido alcançado. Nessas oportunidades, a competição ainda contava com a participação do Flamengo, que conta com uma das maiores torcidas do país, e o Palmeiras, patrocinado pela Crefisa, que poderia ser abordada pelo departamento comercial da TV que adquirisse os direitos com ofertas de cotas comerciais.

Em uma das oportunidades, executivos chegaram a “jogar a toalha”, ao alegar que um concorrente havia assegurado os direitos por meio do segundo leilão, mas havia se tratado de um “alarme falso”.

O Mundial de Clubes enfrenta a concorrência dos iminentes leilões da Libertadores, Sulamericana, Recopa, Champions, alguns europeus, entre outros direitos que estarão em jogo nos próximos meses.

De toda a forma, o novo formato estendido da Libertadores provocou problemas para o Mundial de Clubes. Além de complicar a venda de direitos de TV, causou problemas de logística até para o clube sulamericano na competição e os torcedores que planejam assistir in loco a competição.


Fifa deixa congelado prêmio de Mundial de Clubes; veja quanto campeão leva
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Fifa repetirá na edição do fim do ano do Mundial de Clubes a premiação da edição passada da competição.

Entre os clubes brasileiros, têm chance de ir ao Mundial Botafogo, Grêmio e Santos. O trio luta para ir à competição por meio da Libertadores, cujo vencedor será o representante da Conmebol no Mundial que será disputado nos Emirados Árabes.

As três equipes entram em campo pelo torneio continental nesta quarta-feira (13).

A entidade que controla o futebol mundial encaminhou aos clubes que participam das quartas-de-final da Libertadores comunicado, ao qual o blog teve acesso, com as premiações de 2017, que repetem os valores da temporada passada.

O campeão levará US$ 5 milhões (R$ 15,5 milhões); o vice, US$ 4 milhões (R$ 12,4 milhões); o terceiro colocado, US$ 2,5 milhões (R$ 7,75 milhões). A partir do quarto colocado, as premiações vão diminuindo em US$ 500 mil de acordo com a colocação até o sétimo colocado, que levará para casa US$ 500 mil (R$ 1,55 milhão).

Em uma aparente contradição, o campeão da Libertadores embolsará mais do que o campeão do Mundial de Clubes. Se Grêmio ou Santos, que entraram na fase de grupos da competição continental, levantar o troféu, ganhará US$ 7,75 milhões (R$ 24 milhões). Além da premiação fixa de US$ 3 milhões (R$ 9,3 milhões), há distribuição de bônus pela participação nas fases da Libertadores.

É justamente essa característica de competição de fôlego da Libertadores que permite que seu ganhador receba mais do que em um eventual título do Mundial de Clubes.

A Fifa também divulgou os valores oficiais dos ingressos do Mundial, que já tem garantidas as participações de Real Madrid, Pachuca, Auckland City e Al Jazeera.

A disputa pelos direitos de TV do Mundial de Clubes não animou as emissoras de TV e encalharam no Brasil. A versão estendida da Libertadores também causou problemas de logística para a competição.


Mundial de Clubes encalha no Brasil, e Fifa adia leilão por direitos de TV
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O leilão dos direitos de TV do Mundial de Clubes da Fifa não atingiu, pela segunda vez seguida, o patamar mínimo esperado, mas desta vez a entidade que controla o futebol mundial decidiu encerrar o leilão atual e adiar a realização de uma nova rodada de lances.

Esta já era a segunda rodada de lances convocada pela Fifa.

Os lances da segunda rodada foram feitos enquanto o Palmeiras ainda estava vivo na Libertadores, cujo campeão garante vaga em uma das semifinais do Mundial, que este ano será realizado nos Emirados Árabes.

Em um cenário com a possibilidade de o Palmeiras participar do Mundial de Clubes, o apetite por seus direitos era maior. Não apenas pelo “nome” do Palmeiras, mas por conta de sua patrocinadora, a Crefisa.

Executivos de TV argumentam que, com o Palmeiras no Mundial, haveria o interesse natural da financeira em adquirir cotas de TV do Mundial. Não é segredo que um dos objetivos da dona da Crefisa, Leila Pereira, é ver o clube do Parque Antarctica ganhar o Mundial.

Assim, a eliminação do Palmeiras diminuiu o apetite das emissoras.

Agora, restam três times brasileiros no torneio continental: Santos, Grêmio e Botafogo. Se nenhum brasileiro se classificar ao Mundial, a Fifa corre o risco de ver o torneio ficar ainda mais desvalorizado no país.

Um terceiro fator que trabalha contra as chances do Mundial são os planos da Fifa de substituí-lo por um outro modelo. No mercado, o raciocínio é o de que os planos da Fifa servem como uma admissão de que o formato atual não está funcionando. A analogia é com o modelo de um carro que já se sabe que será substituído daqui a seis meses: “Quem terá o interesse de comprar o modelo atual?”.

A escassez de tempo entre a final da Libertadores e a estreia de seu campeão no Mundial de Clubes se transformou em problema de logística: entre a segunda partida da final da Libertadores, em 29 de novembro, e a estreia do representante sul-americano na competição, em 12 de dezembro, há uma janela de menos de duas semanas.

Há também a questão de prioridades, já que os próximos meses acontecerão os leilões dos direitos dos jogos da seleção, Champions e Libertadores, entre outros direitos de TV, conjugada à forte crise financeira que o país atravessa, que afetou negativamente o mercado publicitário.

Os direitos do Mundial de Clubes já foram definidos em outros mercados que têm representantes na Libertadores, como é o caso da Argentina. Lá, a Fox Sports adquiriu os direitos de TV.


Globo escolhe Corinthians e deixa Santos (na Libertadores) em 2º plano
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Globo transmitirá Corinthians x Racing para o Estado de São Paulo, pelas oitavas de final da Copa Sulamericana, no próximo dia 13, na TV aberta.

A exceção no Estado de São Paulo ficará para a cidade de Santos, para onde, na mesma noite e horário, 21h45, será exibida a partida do clube da Vila Belmiro contra o Barcelona de Guayaquil, válida pelas quartas-de-final da Libertadores.

Já o confronto entre Botafogo e Grêmio, pela Libertadores, também no mesmo dia e horário, será transmitido para o Rio e o Rio Grande do Sul.

A edição mais longa da Libertadores, que encavalou com a Sulamericana, dificultou a tarefa dos programadores da Globo ao compor a grade de transmissão.

Para os jogos de volta, foi decidido que o mesmo esquema será mantido, a não ser que uma das equipes consiga um resultado que tire a atratividade da segunda partida. Como por exemplo se o Corinthians aplicar uma goleada sobre o rival argentino.


Mundial de Clubes da Fifa terá ingresso que custará mais do que R$ 1,2 mil
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O preço (oficial) de alguns ingressos das partidas do Mundial de Clubes da Fifa superam a marca dos R$ 1.200,00, segundo comunicado da entidade máxima do futebol aos clubes que disputam as quartas-de-final da Libertadores ao qual o blog teve acesso.

O Brasil tem três chances de participar do Mundial, em Abu Dhabi, já que Botafogo, Grêmio e Santos seguem vivos na Libertadores, que dá passagem à competição. O documento serve também para que os clubes comecem a planejar com seus torcedores os preparativos para sua eventual participação no Mundial de Clubes.

O Brasil tem três chances de participar do Mundial, em Abu Dhabi, já que Botafogo, Grêmio e Santos seguem vivos na Libertadores, que dá passagem à competição.

O ingresso disponibilizado para comercialização mais caro da competição é o Premium para a final e decisão do terceiro colocado, em 16 de dezembro, em Abu Dhabi, ao custo de US$ 408 (R$ 1.281). Os bilhetes para os lugares correspondentes às categorias 1, 2 e 3 saem por, respectivamente, US$ 95,2 (R$ 298,9), US$ 40,8 (R$ 128,1) e US$ 21,76 (68,3).

Os preços dos ingressos para a primeira e segunda fase da competição, decisão do quinto colocado e primeira semifinal saem bem mais em conta. O ingresso Premium custa US$ 204 (R$ 640), e os bilhetes das categorias 1, 2 e 3, ficam em US$ 27,2 (85,4), US$ 13,6 (R$ 42,7) e US$ 5,44 (R$ 17).

Os ingressos premium da segunda semifinal, que terá o Real Madrid, custarão um pouco mais caro: US$ 272 (R$ 854). Os das categorias 1, 2 e 3 saem por US$ 68 (R$ 213,5), US$ 100 (R$ 85,4) e US$ 10,88 (R$ 34,1).

Cada clube receberá 40 ingressos de cortesia: 2 Very VIP, 8 VIP e 30 da categoria 1. Além disso, poderá adquirir, para cada partida em que for participar, 25 ingressos da categoria 1, 100 da categoria 2 e 123 da categoria 3.

Fora isso, no caso do vencedor da Libertadores, poderá reservar para aquisição de seus torcedores ingressos nas categorias 2 e 3 para sua semifinal (respectivamente 200 e 190) e, eventualmente, para a final (500 e 500).

O Comitê Organizador Local do Mundial de Clubes também disponibilizará pacotes turísticos para os torcedores partindo de três origens:

México: Pacote com 8 noites, para duas pessoas, em hotel 3 estrelas, ingressos para 4 partidas e vôo de volta na classe econômica, ao custo de US$ 1.700 (R$ 5.338)

Auckland: Pacote com 10 noites, para duas pessoas, em hotel 3 estrela, ingressos para 5 partidas e vôo de volta na classe econômica, ao custo de US$ 2.250 (R$ 7.065)

Madrid: Pacote com 5 noites, para duas pessoas, em hotel 3 estrelas, ingressos para 2 partidas e vôo de volta na classe econômica, ao preço de US 900 (R$ 2.826).