Blog do Ohata

Arquivo : Grupo Globo

Pacote de TV da Libertadores vetará Globo e Fox de repassar jogo a parceiro
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Os pacotes dos direitos de TV dos jogos da Libertadores oferecidos pela Conmebol e que passarão a valer a partir de 2019 afetam diretamente a Globo, SporTV e Fox Sports, emissoras que transmitem no Brasil as partidas da competição, ao proibir lances conjuntos, o repasse ao direito de partidas a parceiros e obriga que a TV aberta escolha só um jogo para exibir para todas as praças.

O grupo formado pelas agências IMG e Perform, vencedor da licitação da Conmebol para negociar os direitos de TV, explicou os detalhes do leilão dos direitos da Libertadores durante road show (visita às emissoras) e apresentou quatro pacotes:

Pacote 1 (TV aberta): Um jogo por semana da Libertadores, que deverá ser transmitido para toda a rede

Pacote 2 (TV por assinatura): Direito de fazer a primeira, terceira, quinta, sétima escolhas das partidas que exibirá na rodada, mais o direito de escolher um semifinal, que poderá ou não ser a mesma que a TV aberta transmitirá, mais a final, que a TV aberta também poderá ou não transmitir

Pacote 3 (TV por assinatura): Direitos de fazer a segunda, quarta, sexta, oitava escolhas das partidas que transmitirá na rodada, mais a semifinal que não for escolhida pelo detentor do pacote 2, e os direitos de exibição da final com delay

Pacote 4 (TV aberta, por assinatura ou internet): Jogos de quinta-feira durante a fase de grupos, mais uma partida das oitavas-de-final e uma das quartas-de-final. Não tem direito às semifinais ou à final

Hoje, os direitos de TV da Libertadores para o Brasil pertencem ao Fox Sports, que sublicencia os direitos ao Grupo Globo. A Globo, por sua vez, repassa os direitos de partidas da Copa do Brasil e sublicenciará os jogos da Copa do Mundo da Rússia ao Fox Sports.

Circulava no mercado um forte rumor de que Globo e Fox Sports pretendiam fazer uma proposta conjunta pelos direitos da Libertadores. O novo formato aumenta as chances de ESPN e Esporte Interativo.

A Globo costumeiramente exibe um jogo para a rede, outro para São Paulo e, eventualmente, uma terceira partida para outro município.

A previsão é de que as diretrizes oficiais do leilão serão apresentadas dentro dos próximos meses. Mas não devem diferir muito das quatro propostas já apresentadas. O leilão define os direitos de transmissão de 2019 para a frente.


Medalhistas olímpicos do Brasil negociam com a Globo. E podem entrar no PPV
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O pugilista brasileiro Robson Conceição (Crédito: Frank Franklin II/AP)

Há um plano em curso para que as lutas do campeão olímpico Robson Conceição e do medalhista Esquiva Falcão sejam transmitidas com exclusividade pelo sistema de pay-per-view (PPV) a partir do ano que vem.

As negociações envolvem a empresa que promove a carreira da dupla, a norte-americana Top Rank, e o Grupo Globo.

Apesar de toda a comoção gerada pela transmissão do duelo entre Floyd Mayweather Jr. e Conor McGregor no fim de semana, as transmissões dos combates dos brasileiros teriam diferenças cruciais, a começar pelo preço dos pacotes de pay-per-view.

Se May-Mac custou R$ 89,90, as lutas dos brasileiros sairiam por um preço bem mais em conta. É discutido um valor na casa dos R$ 20.

Outra diferença é que suas programações não seriam oferecidas gratuitamente para os assinantes do canal Combate que assistiram gratuitamente a luta entre Mayweather e McGregor como uma cortesia.

Além das apresentações dos brasileiros, as “superlutas” promovidas pela Top Rank também seriam oferecidas em pay-per-view. Combates como a revanche entre o filipino Manny Pacquiao e o australiano Jeff Horn, pelo título da OMB, por exemplo.

As programações regulares continuariam sendo exibidas pelo SporTV.

O contrato entre as partes valem até o fim deste ano. As discussões estão no departamento financeiro do Grupo Globo.

Além das lutas de MMA, a Globosat também oferece outros produtos em pay-per-view, como os estaduais e o Brasileiro de futebol e o reality Big Brother Brasil, além de filmes.

Robson Conceição projeta título mundial em 2018

 

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>