Blog do Ohata

Arquivo : Sportv

Fox Sports fecha com Juninho Paulista e Marco Aurélio Cunha para a Copa
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O canal Fox Sports fechou com Juninho Paulista e Marco Aurélio Cunha como comentaristas para a transmissão da Copa do Mundo da Rússia.

Juninho Paulista havia recebido proposta também do SporTV, o outro canal da TV por assinatura com direitos de transmissão do Mundial, mas terminou optando pelo Fox Sports. O ex-campeão mundial e atual gestor do Ituano desembarca no Rio neste domingo (17) e estreia na emissora na segunda-feira (18), onde comentará até sexta-feira. Uma semana depois, retorna ao Rio para participar de programas como comentarista por mais cinco dias.

Ele foi contratado especificamente para comentar a Copa, já que não pretende deixar a carreira de dirigente, tendo inclusive concluído uma pós-graduação na área de gestão empresarial na USP.

Marco Aurélio Cunha, também com passagem pelo São Paulo, mas como dirigente, ocupa atualmente o cargo de coordenador de seleções femininas na CBF, que deu permissão para seu trabalho no microfone. “O Fox Sports fica a cinco minutos da CBF, então vai dar para conciliar todos os meus afazeres, já que os comentários ocuparão uma pequena parte do meu dia e serão apenas durante a Copa”, disse Cunha.

Carlos Alberto Parreira, Zé Ricardo e Jair Ventura já haviam sido anunciados como reforços ao apresentador, autor e humorista Jô Soares, e aos técnicos Vanderlei Luxemburgo e Abel Braga no programa “Debate Final Especialistas”.

 


Convocação da seleção rende liderança ao SporTV em toda a TV por assinatura
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A transmissão da convocação da seleção brasileira para a Copa, nesta segunda-feira (14), pelo SporTV, rendeu ao canal a liderança absoluta na TV por assinatura ao atrair 850 mil pessoas.

A transmissão foi feita dentro do programa “Seleção SporTV”, que teve seu segundo melhor resultado de 2018.

Por conta do impacto do anúncio dos convocados do técnico Tite, todos os programas do canal ficaram acima da média e alguns conquistaram o recorde do ano, caso do “Bem, Amigos!”, que impactou mais de 1,9 milhão assinantes.

Tags : Sportv


Globo planeja o que pode receber do Fox Sports em troca da Copa do Brasil
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O Fox Sports terá de renegociar com o Grupo Globo o sublicenciamento da Copa do Brasil para continuar transmitindo suas partidas no ano que vem.

No Grupo Globo há a disposição do prosseguimento de algum tipo de parceria entre Fox Sports e SporTV relativa à Copa do Brasil, mas é ponto pacífico que após a proibição pela Conmebol do repasse de jogos da Libertadores a parceiros, alguma compensação alternativa terá, obrigatoriamente, que ser viabilizada em troca das partidas da competição, seja financeira ou na forma de direitos de TV. Como estão previstos para as próximas semanas os leilões de direitos de TV como o da Champions League e o da Copa Sul-Americana, a posição na Globo para definir o que quer como contrapartida é esperar para ver o que acontece.

Por depender de leilões que ainda não aconteceram, da parte da Globo é dado como certo que um eventual novo acordo, se sair, acontecerá apenas no segundo semestre. Como o acordo atual entre as emissoras é válido até o final do ano, não há pressa para que um novo seja sacramentado no curto prazo.

O Fox Sports exibe as partidas da Copa do Brasil, que são propriedade da Globo, e em troca cedia jogos de Libertadores, Sul-Americana e Recopa, cujos direitos são seus até esta temporada, para a Globo e o para o canal SporTV, seu braço na TV por assinatura.

Quando a Globosat e o Fox Sports confirmaram o acordo de sublicenciamento da Copa do Brasil, no ano passado, que também aumentou o número de partidas da Libertadores e da Sulamericana a que o SporTV tem direito de exibir, foi divulgado que sua duração era de cinco anos. Mas como o contrato do Fox Sports com a Conmebol pela Libertadores vence este ano, já se sabia que o canal tinha garantidos apenas dois dos cinco anos de contrapartida.

O formato do leilão dos direitos da Libertadores adotado pela Conmebol complicou o acordo entre Fox Sports e Globo, já que o proibiu o sublicenciamento de partidas para parceiros. O Fox Sports ganhou um dos quatro pacotes de direitos da competição continental, assim como o SporTV e a própria Globo, como revelou o blog do Flavio Ricco e o UOL Esporte, mas o canal não pode repassá-los ao SporTV, e mesmo que pudesse, seria uma quantidade de jogos bem menor do que vinha acontecendo.

 


Prazo para definir TV que exibirá Francês expira. E Neymar é um dos motivos
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O prazo para análise dos lances do leilão dos direitos de TV do Francês no Brasil expirou, sem que fosse declarado um vencedor. Os lances encaminhados pelas emissoras de TV em meados de janeiro à agência BEin, que representa o torneio, perderam sua validade.

O título da temporada 2017/18 do Francês foi definido com cinco rodadas de antecedência neste domingo (15), com uma goleada de 7 a 1 do PSG, que garantiu o título, sobre o Monaco, campeão da temporada passada. A falta de competitividade do Francês, demonstrado pelo placar do fim de semana, foi apontado como um fator a trabalhar contra um leilão de TV bem-sucedido no Brasil.

Mas as dúvidas em torno do futuro de Neymar é que foram decisivas em deixar os executivos de TV inseguros em relação ao Francês. Os recorrentes rumores de que o brasileiro estaria insatisfeito no PSG e que deseja voltar à Espanha, aliados à contusão no pé direito do meia, fez com que executivos brasileiros decidissem por “não cometer loucuras” ao disputar os direitos, e até afugentou emissoras.

Atrapalhou também o afunilamento de diversos leilões de direitos esportivos nos últimos meses, como o das partidas da seleção brasileira e o da Libertadores, para citar apenas os dois mais aguardados.

A aposta do mercado, agora, é que os direitos de TV do Francês retornem ao mercado, com uma forte tendência de que o formato de leilão seja descartado, em favor do mesmo “corpo a corpo” que marcou a negociação dos direitos do Mundial de Clubes da Fifa, cujos direitos de transmissão foram definidos entre a Dentsu, representante da Fifa, e Globo apenas às vésperas do início da competição.

Inicialmente, o Francês, turbinado pela presença de Neymar no PSG, atingiu índices de audiência imbatíveis, catapultando SporTV e ESPN na liderança não apenas entre os pares esportivos, mas em toda a TV paga, incluindo canais de filmes, desenhos e variedades.

Antes da inesperada transferência de Neymar do Barcelona ao PSG, o Grupo Globo, detentor dos direitos do Francês, havia indicado que não pretendia renová-los.


Série B começa sem TV aberta após Globo não receber proposta de outro canal
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Série B do Brasileiro ficará sem transmissão de seus jogos na TV aberta na edição deste ano da competição, após a Globo não ter sido procurada por outros canais para um contrato de sublicenciamento.

O Premiere, braço de pay-per-view do Grupo Globo, e o SporTV, seu canal na TV por assinatura, exibirão as partidas da segunda divisão do Nacional. A princípio, a Globo pretende abandonar a tradição de transmitir, regionalmente, alguns jogos da Série B.

A Rede TV! também exibiu até o ano passado partidas da Série B, graças a um acordo com a Sports Promotions, que recebia da CBF uma partida semanal para repassar a uma emissora de TV aberta. Porém o contrato que entrou em vigor este ano entre Globo e a entidade não prevê mais esse repasse à Sport Promotions.

A Rede TV! mostrou interesse em continuar com os direitos da Série B, e uma fonte da emissora confirmou ao blog que negociava com a Sport Promotions, muito provavelmente um pacote que envolveria a garantia de cotas comerciais que viabilizasse uma oferta financeira à Globo. Mas nenhuma proposta oficial chegou à mesa da emissora carioca, que havia manifestado interesse em sublicenciar o torneio.

Além dos direitos da Série B, a Globo também detém os direitos de TV do Brasileiro, que este ano ficarão só com a Globo na TV aberta.

 

 

 


Fox Sports amplia vantagem no duelo pela audiência do início das tardes
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O Fox Sports Radio é o programa mais assistido da TV por assinatura entre homens entre 18 e 49 anos, público-alvo dos canais de esporte, segundo levantamento realizado pelo Kantar Ibope. No primeiro trimestre de 2017, a vantagem em audiência em relação ao segundo colocado no horário, o SporTV, era de 4%. Este ano, no período medido entre 1º de janeiro a 19 de março, essa diferença aumentou para 38%, segundo o Kantar Ibope.

No momento, é travado um duelo pela audiência durante a faixa do programa, tanto que a atração do SporTV no mesmo horário, o “Seleção SporTV”, passou por uma reformulação, inclusive com troca de apresentadores, de Marcelo Barreto por André Rizek, e até o reforço ocasional de Galvão Bueno, entre outras novidades com a finalidade de “turbiná-lo”.

Um dado que ajuda a explicar a vantagem é o fato de que o Fox Sports Radio engaja mais do que o concorrente no público-alvo de homens entre 18 e 49 anos. Durante o horário, entre 12h45 às 15h30, o programa, mantém seu público sintonizado por mais tempo do que atrações de qualquer outro canal.

 

 


Cuca e Globo têm negociação bem encaminhada para técnico comentar a Copa
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Está em avançado estágio de negociação um contrato entre Cuca e o Grupo Globo para que o treinador atue como comentarista da Copa do Mundo da Rússia, o blog apurou.

A princípio, a ideia é aproveitá-lo em programas do SporTV, na TV por assinatura, mas o contrato abre espaço para que o técnico comente também para a Globo, na TV aberta.

Cuca deixou o comando do time do Palmeiras no fim do ano passado e tem seu nome mencionado por equipes que procuram um novo treinador. Mas, oficializado o acordo com a Globo, ele só teria condições de assumir um novo time após o período do Mundial.

 

 


Fox Sports supera SporTV duas noites seguidas, após liderar na TV paga
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O canal Fox Sports superou o SporTV por dois dias seguidos na semana passada durante o horário nobre. Na quarta-feira, a emissora ocupou o primeiro lugar entre todos os canais por assinatura, atingindo mais de 2,1 milhões de visitantes durante o dia.

Os destaques na faixa horária entre 18h e 1h foram a vitória do São Paulo sobre o CRB, pela Copa do Brasil; o empate sem gols entre Millonarios e Corinthians, pela Libertadores; e a segunda vitória do Paris Saint-Germain sobre o Olympique de Marselha na semana, desta vez pela Copa da França. Nos três casos, o canal ocupou o primeiro lugar na TV por assinatura, segundo o Kantar Ibope. O destaque do SporTV na mesma noite havia sido o empate entre Flamengo e River Plate, por 2 a 2, pela Libertadores.

Na terça-feira, o Fox Sports já havia registrado vitória sobre o rival com o jogo entre Racing e Cruzeiro, pela Libertadores, mas no público-alvo de homens entre 18 e 49 anos, ao registrar audiência de 3,4 pontos percentuais. A atração no SporTV no mesmo horário havia sido Colo Colo x Medellín.

Havia uma expectativa interna com a “Semana Fox”, como foi promovida a transmissão de 15 partidas exclusivas pelo canal ao longo da semana, entre Libertadores (6 jogos), Copa do Brasil (2) e jogos de campeonatos europeus, como o do Barcelona pelo Espanhol.


Partidas do Grêmio na Recopa rendem a liderança na TV paga ao Fox Sports
Comentários Comente

Eduardo Ohata

As duas partidas do Grêmio contra o Independiente, pela Recopa Sul-Americana, renderam ao Fox Sports a liderança na audiência da TV paga entre o público-alvo formado por homens entre 18 e 49 anos.

Um total de 1,3 milhões de pessoas passaram pelo canal ao longo das duas transmissões, a primeira no dia 14 e a segunda, na última quinta-feira, no jogo que rendeu o bicampeonato à equipe gaúcha, segundo medição do Kantar Ibope. Na TV por assinatura, os dois jogos também foram transmitidos pelo SporTV.

Nas mídias sociais, a hashtag #RecopaFoxSports foi líder nas postagens e comentários, com 15.928 menções, contra 625 da #RecopaNoSporTV.

 

 


Copa São Paulo de juniores alavanca marca histórica para os canais SporTV
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Rede SporTV, braço esportivo da Globosat na TV por assinatura que inclui os três canais, registrou o melhor mês de janeiro da história da emissora em 2018 em termos de audiência: 28 milhões de pessoas passaram pelo canal no mês passado, segundo medição do Kantar Ibope.

Os espectadores assistiram mais futebol e vôlei, e o destaque da programação no mês foi a edição 2018 da Copa São Paulo de juniores, que impactou 15,5 milhões de pessoas.

A final da competição, organizada pela Federação Paulista de Futebol, reuniu São Paulo e Flamengo e foi exibida também ao vivo pela Globo na TV aberta, e rendeu ao canal 15 pontos de audiência em São Paulo e no Rio.

Em São Paulo, superou em sete pontos a média da faixa horária das quatro quintas-feiras anteriores. No Rio, o crescimento foi de cinco pontos em relação ao mesmo período.