Blog do Ohata

Arquivo : Premier League

Condição põe em risco exibição de Premier League pela Rede TV! na TV aberta
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Uma condição no acordo de sublicenciamento da Premier League da ESPN para a Rede TV! põe em risco a transmissão na TV aberta dos jogos do badalado Campeonato Inglês: A Rede TV! tem que garantir ao menos uma cota de patrocínio para a manutenção do negócio.

O prazo para a Rede TV! contemplar a cláusula condicional se estende até meados deste mês. Trata-se de uma corrida contra o tempo, já que a primeira rodada da temporada 2018/2019 da Premier League, o Campeonato Inglês, está prevista para a semana do dia 11 de agosto.

O contrato entre as emissoras, à princípio, tem duração de uma temporada, com a cessão à emissora de TV aberta de um jogo semanal, sem exclusividade. A ESPN Brasil não sublicenciou na TV fechada a exibição das partidas Premier League.

Apesar de não ter chegado a um acerto com a Globo para continuar a transmissão das partidas da Série B nesta temporada, a Rede TV! mantém na grade eventos esportivos, como a Superliga de vôlei e competições de rugbi, modalidade que entrou no programa olímpico.


Rede TV! fecha contrato para exibir partidas da Premier League na TV aberta
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Rede TV! fechou contrato para exibir partidas da Premier League na TV aberta. A informação foi revelada pelo “Meio & Mensagem” e confirmada pelo blog.

O blog apurou que o acerto de exclusividade na TV aberta contempla um ano de sublicenciamento, com a exibição de uma partida por semana, e que começa a valer na temporada 2018/2019. A primeira rodada do Campeonato Inglês está prevista para o fim de semana do dia 11 de agosto.

Para a Rede TV! garantir o direito de exibir partidas do campeonato, foi fechado um acordo de sublicenciamento com a ESPN do Brasil, que renovou em junho do ano passado por cinco anos os direitos para todas as mídias no território brasileiro do badalado Campeonato Inglês.

A Rede TV! tinha, até o ano passado, os direitos da Série B do Brasileiro, mas acabou não renovando. A emissora mantém em sua grade outras atrações esportivas, como a Superliga de vôlei.

A Premier League é o principal campeonato para a ESPN no Brasil. Trata-se do torneio com maior audiência da emissora. O Espanhol registra os maiores ”picos”, especialmente quando se enfrentam Barcelona e Real Madrid, mas como é um torneio compartilhado com a Fox Sports, na média o Inglês, exclusivo da ESPN, ainda registra a maior audiência.

Além da atraente qualidade técnica do torneio, operacionalmente a Premier League é encarada como um bom investimento pelos canais de esporte da TV por assinatura. Como muitas partidas são disputadas em horários alternativos, que não encavalam com partidas de outros europeus ou com os do Brasileiro, eles são encarados como boa alternativa para preencher as grades.


Título de Guardiola pelo City rende audiência histórica à ESPN na TV paga
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O primeiro título de Pep Guardiola no comando do Manchester City, o da Copa da Liga Inglesa, ao bater o Arsenal, por 3 a 0, neste domingo (25), rendeu à ESPN Brasil a maior audiência de um jogo entre times ingleses desde 2010, incluindo aqueles disputados na  Premier League e na Copa da Liga.

A decisão também colocou a ESPN Brasil na liderança da TV paga no público-alvo de homens entre 18 e 49 anos e também entre a audiência mais abrangente formada por homens com mais de 18 anos.

No total, 670 mil pessoas com TV paga acompanharam a partida, com uma média de permanência na ESPN Brasil de 52 minutos. De todas as pessoas ligadas na TV paga durante a transmissão, 18% estavam na ESPN Brasil, segundo levantamento do Kantar Ibope.

Além da decisão, o duelo entre outra dupla de ingleses, Manchester United e Chelsea, pelo Inglês, representou a segunda maior audiência do final de semana registrada entre os canais esportivos no público-alvo.


Presidente da FPF visita Premier League e estuda ideias para futebol de SP
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, reuniu-se nesta terça-feira (24) com Tim Vine, diretor de relações internacionais da Premier League, para conhecer e discutir as práticas da mais badalada liga de futebol do mundo.

Tim Vine, da Premier League, e Reinaldo Carneiro Bastos, da FPF

Bastos, que viajara a Londres para participar da cerimônia de premiação da Fifa como um dos representantes da Conmebol, salvou informações sobre o estatuto da Premier League, organização das eleições, contratos com TVs e patrocinadores e mecanismo de repasse aos clubes, gestão da primeira e segunda divisão e, especialmente, o funcionamento do comitê de arbitragem.

O cartola reconhece que nem tudo o que funciona fora serve para o Brasil. Por isso mesmo a ideia é verificar quais dos conceitos trazidos em sua mala podem ser “tropicalizados”.

Vine, que foi presenteado com um camiseta da seleção brasileira, demonstrou interesse em vir ao Brasil para conhecer o futebol do país, em uma espécie de intercâmbio.

 

 


Premier League e Barcelona colocam ESPN na liderança no final de semana
Comentários Comente

Eduardo Ohata

As vitórias do Chelsea, por 4 a 2 sobre o Watford, e do Manchester City, por 3 a 0 no Burnley, pela Premier League, e Barcelona, por 2 a 0 no Málaga, e a goleada do Valencia, por 4 a 0, no Sevilla, pelo Espanhol, colocaram a ESPN na liderança entre os canais esportivos no último sábado (21).

A goleada do Tottenham sobre o Liverpool, também pela Premier League, levou a ESPN Brasil à vice-liderança no domingo entre os canais esportivos, atrás do SporTV. O levantamento na TV por assinatura foi feito pelo Kantar Ibope Brasil, com homens entre 18 e 49.

A ESPN renovou, em junho, o contrato da Premier League por mais cinco anos.


ESPN garante Premier League por 5 anos na 1ª batalha da guerra por direitos
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A ESPN garantiu os direitos da Premier League por cinco anos, no primeiro dos vários leilões por direitos de TV que encavalaram a partir deste mês e se estenderão pelo segundo semestre.

A taça da Premier League

De surpresa, foram anunciados os leilões da Premier League e do Mundial de clubes, realizados semana passada. São esperadas para os próximos meses as disputas pelos direitos dos jogos da seleção, Champions League e Libertadores.

O canal já detinha os direitos da competição até a temporada 2018/19, e agora garantiu os direitos até a temporada 2021/22. O novo acordo preserva todas as mídias.

A Premier League, ou Campeonato Inglês, é o principal campeonato para a ESPN no Brasil. Trata-se do torneio com maior audiência da emissora. O Espanhol registra os maiores “picos”, especialmente quando se enfrentam Barcelona e Real Madrid, mas como é uma competição compartilhada com a Fox Sports, na média o Inglês, exclusivo da ESPN, ainda registra a maior audiência.

A ESPN exibiu na última temporada todas as 380 partidas do campeonato, distribuídos por seus três canais e na plataforma online WatchESPN. Com isso, elevou em cinco vezes a audiência do canal ESPN+ e registrou 23% a mais de audiência no comparativo entre as temporadas 2015/16 e 2016/17.  O canal mantém dois correspondentes em Londres para a cobertura da competição, os repórteres João Castelo Branco e Natalie Gedra.

Não apenas pela qualidade técnica, mas também operacionalmente a Premier League é encarada como um bom investimento pelos canais de esporte da TV por assinatura. Como muitas partidas são disputadas em horários alternativos, que não batem com partidas de outros europeus ou com os do Brasileiro, eles são encarados como alternativa de qualidade para preencher as grades.

“A ESPN realizou um fantástico trabalho na transmissão da Premier League no Brasil ao longo das últimas 15 temporadas e estamos muito satisfeitos por terem nos escolhido mais uma vez para investir em nossos direitos de transmissão”, festejou Richard Scudamore, diretor-executivo da Premier League.

“É motivo de muito orgulho para a ESPN anunciar um acordo de longo prazo com a Premier League”, confirmou German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

A ESPN planeja participar dos demais leilões de direitos de TV que acontecerão nos próximos meses, o blog apurou.

 

 

 


Premier League antecipa leilão e acirra briga por direitos esportivos na TV
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Premier League surpreendeu executivos de TV ao fixar o próximo dia 14 como prazo para apresentação das propostas para seu leilão pelos direitos de transmissão do Inglês a partir de 2019. O leilão acirra ainda mais a disputa por direitos esportivos que se estenderá pelos próximos meses, já que estarão em disputa nesse período os direitos da Champions, Libertadores e partidas oficiais da seleção.

No Brasil, a ESPN detém os direitos da Premier League até 2019 e exibe suas partidas com exclusividade na TV por assinatura.

Os direitos da Premier League são encarados por executivos das TVs como um ativo valioso por motivos que extrapolam a qualidade técnica das partidas. Atrai também os horários diferenciados de vários de seus jogos que não “encavalam” com partidas do Brasileiro ou as de outros campeonatos europeus, o que gera opções na hora de se montar a grade de programação.

Entre aqueles que foram pegos de surpresa pelo anúncio do leilão e correm para preparar sua oferta prevalece a tese de que a Premier League se antecipou à batalha por direitos esportivos que acontecerá nos próximos meses.

Quem negocia pelas emissoras reconheceu que “não dá para comprar tudo”. A abundância de competições no mercado ao mesmo tempo não deixa  nenhum canal a cabo confortável. No caso da própria Premier League, já há emissora que há poucos meses demonstrava interesse em apresentar proposta pela competição, mas agora cogita nem fazer oferta.

Nesse cenário de tantos players dos dois lados do balcão, não apenas os canais que disputam direitos, mas os representantes das competições também estarão observando a reação do mercado, quem irá fazer propostas e como elas serão.


Guerra pelos eventos esportivos da TV: Quem é detentor e quem está de olho
Comentários Comente

Eduardo Ohata

  1. Se na TV aberta os direitos de transmissão dos principais eventos esportivos concentram-se na Globo, na TV por assinatura a história é bem diferente. O calendário de aquisição de direitos de TV, e o que se viu na disputa pelos direitos do Brasileiro a partir de 2019, entre SporTV e Esporte Interativo, indica que a disputa para exibir competições de ponta irá se acirrar dentro dos próximos meses.

O blog ouviu executivos de canais por assinatura e especialistas do mercado para compilar a lista a seguir, que traz as principais competições, quem é o atual detentor dos direitos, quando vence o contrato atual e quem já está de olho para tomar os direitos.

Há casos, como quando não ficou clara a intenção de uma emissora por um determinado evento, em que o blog se baseou em histórico de ofertas, necessidade de preencher as grades em determinados períodos ou o fato de a emissora exibir eventos da mesma “família”. No quesito “Quem está de olho”, há propostas na mesa para canais se unirem ao apresentar certas propostas.

O que pode parecer surpreendente segue uma lógica. Os únicos europeus a despertar interesse do SporTV, por exemplo, são a Liga dos Campeões e o Campeonato Inglês. Por que não o badalado Campeonato Espanhol? Porque seus jogos competiriam por espaço na grade de programação com partidas do Paulista e do Brasileiro, que são realizados mais ou menos no mesmo horário.

 

Libertadores

Quem detém os direitos: Fox Sports

Quando vence o contrato: 2018

Quem está de olho: ESPN, Esporte Interativo e SporTV

 

Copa do Brasil

Quem detém os direitos: SporTV

Quando vence o contrato: 2022

Quem está de olho: Esporte Interativo

 

Liga dos Campeões

Quem detém os direitos: Esporte Interativo

Quando vence o contrato: 2017/18

Quem está de olho: ESPN, Fox Sports e SporTV

 

Inglês

Quem detém os direitos: ESPN

Quando vence o contrato: 2019

Quem está de olho: Esporte Interativo, Fox Sports e SporTV

 

Espanhol

Quem detém os direitos: ESPN

Quando vence o contrato: 2020

Quem está de olho: Esporte Interativo e Fox Sports

 

Italiano

Quem detém os direitos: Fox Sports

Quando vence o contrato: 2018

Quem está de 0lho: ESPN e Esporte Interativo

 

Alemão

Quem detém os direitos: Fox Sports

Quando vence o contrato: 2020

Quem está de olho: ESPN e Esporte Interativo

 

NBA

Quem detém os direitos: ESPN e SporTV

Quando vence o contrato: 2025

Quem está de olho: Ninguém

NFL

Quem detém os direitos: ESPN e Esporte Interativo

Quando vence os direitos: 2021

Quem está de olho: Fox Sports

F-1

Quem detém os direitos: SporTV

Quando vence o contrato: 2020

Quem está de olho: Esporte Interativo e Fox Sports


Premier League firma acordo com Universidade do Futebol, que vai a Londres
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Pela primeira vez, a English Premier League receberá, em caráter oficial, uma delegação de profissionais do Brasil. O encontro acontecerá a partir deste sábado, se estenderá até o dia 23, e se trata do primeiro fruto da parceria com a Universidade do Futebol, instituição de produção de conhecimento da modalidade no país, que forneceu subsídio intelectual para o movimento Bom Senso F.C.

Integram a delegação 23 dirigentes e profissionais, incluindo o presidente do Bahia, Marcelo Sant´Anna, uma equipe da universidade, e três executivos do canal Esporte Interativo, Felipe Aquilino, Fabio Medeiros, Bernardo Ramalho, entre outros. O objetivo é conhecer como funciona a federação de futebol que mais receitas gera no mundo.

O tour inclui visitas a clubes das principais cidades do futebol no país, como Londres (Arsenal e West Ham), Manchester (Manchester City) e Liverpool (Liverpool e Everton), a federação de futebol, a mais antiga do mundo, com 152 anos, e os escritório da Premier League. Em todos os locais acontecerão visitas guiadas e palestras de executivos dos setores de gestão, futebol e responsabilidade social.

Para entender como os estádios são operados nas diferentes competições, a delegação também irá a partidas da Premier League (Liverpool x West Bromwich), da Champions League (Arsenal x Ludogorets) e Liga Europa (Manchester United x Fenerbahce), além de visitar Wembley e o Parque Olímpico dos Jogos de Londres-2012.

Além do Bahia, estarão representados Santos, Botafogo, Atlético-PR, Coritiba, Red Bull e Audax.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>