Blog do Ohata

Fox Sports sai por cima em duelo de transmissões da mesma partida na Recopa
Comentários 6

Eduardo Ohata

O canal Fox Sports atingiu melhor audiência do que o SporTV, na última quarta-feira (14), quando ambos os canais transmitiram o duelo entre Independiente x Grêmio, no jogo de ida da Recopa Sulamericana.

O canal registrou 1,09 pontos de audiência, entre o público-alvo de homens entre 18 e 49 anos, segundo medição do Kantar Ibope.

Além de ter registrado a melhor audiência do dia entre todos os canais da TV por assinatura, o Fox Sports também superou todas as emissoras de TV aberta no período do jogo, com exceção da Globo.

A partida terminou empatada em 1 a 1, e voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (21), em Porto Alegre.


Promotor de brasileiro campeão olímpico dispara contra Globo após impasse
Comentários 2

Eduardo Ohata

Todd DuBoef, presidente da Top Rank, firma que promove as carreiras dos medalhistas olímpicos Robson Conceição e Esquiva Falcão, diz estar ''desapontado'' com o Grupo Globo e afirma ter alternativas para no futuro levar as lutas dos atletas ao público brasileiro. A Top Rank chegou a promover no passado os combates de campeões como Muhammad Ali, Oscar de la Hoya e Floyd Mayweather Jr.

Um impasse entre Top Rank e o Grupo Globo tirou da TV o combate da noite desta sexta (16) do campeão olímpico Robson Conceição. Todas as lutas do brasileiro haviam sido transmitidas, até agora, pelo canal SporTV, braço esportivo do grupo na TV por assinatura.

''Tínhamos [Top Rank e Globo] um comprometimento de parceria, fiz um investimento no Robson Conceição [com o pagamento de bônus em dinheiro para assinatura do contrato], estou desapontado, mas não vou ficar chorando'', explicou ao blog DuBoef, ao ser questionado porque não procurou outra emissora para exibir as lutas. ''Tenho à disposição os recursos necessários para garantir que os fãs brasileiros não serão privados de acompanhar a carreira de seus heróis olímpicos, posso lançar mão das mídias sociais, como o Facebook, ou outra tecnologia para transmitir os futuros combates da dupla.''

O executivo, porém, não deixou claro se especificamente o combate da noite desta sexta seria disponibilizado por meio do Facebook.

Segundo o Grupo Globo, o que aconteceu foi que não houve tempo hábil para o contrato com a Top Rank, que venceu no fim do ano passado, ser renegociado e eventualmente renovado. O grupo afirma que há interesse da parte deles em uma renovação de contrato, mas que negociações fora do contexto de um contrato de longa duração são complicadas. Um exemplo foram os amistosos da seleção que foram exibidas pela TV Cultura (aberta), TV Brasil (fechada) e UOL (internet), quando Globo e CBF não chegaram a um acordo.


Popó posta vídeo dançando no Carnaval e desabafa sobre preconceito
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O ex-campeão de boxe Popó irritou-se com a repercussão sobre um vídeo, divulgado por ele via aplicativos, no qual o baiano aparece divertindo-se no Carnaval com um dançarino que usa uma tanga cavada. O ex-campeão superpena e leve postou depoimento no Facebook no qual critica aqueles que divulgaram o vídeo acompanhado de comentários que o ex-boxeador considerou maldosos.

''Ele é negro e gay. Você acha que teriam falado mal e criticado se ele fosse branco e homem? Não ia ter nada disso'', disparou Popó ao ser procurado pelo blog. ''As pessoas têm muito preconceito, fico mais triste ainda porque eu tenho um filho gay que passa por isso.''

No vídeo que divulgou após a repercussão, Popó se limita a classificar os críticos de ''invejosos'', ''despeitados'', pergunta porque não ajudaram o dançarino a pagar o aluguel atrasado ou a comer algo, como ele próprio fez, aproveita para lembrar que ganhou títulos mundiais em quatro oportunidades diferentes e, por fim, manda tomarem conta da própria vida, antes de xingar os críticos.

''Começaram a falar que eu estava bêbado, que sou v…'', justificou Popó, sobre a resposta que divulgou pelo whattsApp e que logo chegou às mídias sociais.

Em um dos posts no Facebook que trazem tanto o vídeo da dança quanto o desabafo de Popó, a atitude do ex-boxeador recebeu apoio. ''Deixa o povo se divertir galera e parem de ser preconceituosos'', orienta uma internauta. ''Curte mesmo Popó, Carnaval na Bahia é pra curtir mesmo. Cuidem de suas vidas'', aconselhou outra.

 

 


Efeito Neymar: TVs fazem propostas, mas leilão do Francês segue indefinido
Comentários 3

Eduardo Ohata

O leilão para o Brasil dos direitos de TV do Francês, turbinado pela participação de Neymar, foi realizado pela agência BEin há mais de um mês. Mas até agora não foi anunciado o vencedor da disputa, processo que geralmente leva menos de uma semana para acontecer.

O fator Neymar é uma faca de dois gumes: Ao mesmo tempo em que catapultou os índices de audiência do Francês no Brasil, mesmo com partidas do PSG exibidas simultaneamente pela ESPN e SporTV, os insistentes rumores de que Neymar pode deixar o clube francês diminuiu, e muito, o apetite dos executivos das emissoras do Brasil por apresentar lances mais ousados para três ou seis anos, os dois formatos apresentados. Os discursos pré-leilão nas TVs iam do conservador ''ninguém aqui vai fazer loucuras'' ao desinteresse total pelos direitos da competição, cujos direitos no Brasil vencem ao final da temporada atual, no meio deste ano.

Diante do silêncio dos representantes do Francês, que até o feriado de Carnaval não haviam se pronunciado sobre o vencedor do leilão dos direitos de TV, executivos das emissoras brasileiras trabalham com três cenários:

1) As propostas pelo Francês ficaram aquém do que gostariam e o vencedor não foi anunciado porque a agência ainda estuda se reconhece como vencedor o autor do maior lance, ou volta ao mercado.

2) A agência espera o melhor momento para propor e realizar uma segunda rodada de lances, mesmo com a perspectiva dos leilões da Libertadores e Champions, entre outros, nos próximos meses.

3) As emissoras serão procuradas para um corpo-a-corpo, como aconteceu com o leilão do Mundial de Clubes, que se estendeu durante meses e cujo acerto saiu em cima do início da competição.

Leia também:


Chael Sonnen sai em defesa de Ronda Rousey e dá dica para ciúmes de colegas
Comentários 2

Eduardo Ohata

Ronda é apresentada pelo WWE (Divulgação/WWE)

O falastrão Chael Sonnen, que protagonizou no UFC rivalidade com Anderson Silva, saiu em defesa de Ronda Rousey em relação ao ciúmes que vem enfrentando das novas colegas na empresa de telecatch WWE. Ele ofereceu dicas sobre como superar essa situação.

''Ronda tem enfrentado todo tipo de problemas vindos do vestiário da WWE. Ela é grandinha, consegue lidar com isso, e vai lidar, mas não precisava ser assim'', comentou Sonnen, sobre as demonstrações públicas de ciúmes, que vêm aumentando no decorrer das semanas. ''Mas é algo que acontece quando alguém de fora da indústria chega e de repente recebe muita atenção.''

Toda a atenção que a chegada de Ronda à WWE, durante o evento anual Royal Rumble, recebeu foi criticada por colegas de empresa, como Nikki Bella, Nia Jax, a campeã Charlotte Flair, e de veteranos do telecatch. Eles reclamaram que o foco está todo dirigido a Ronda, enquanto feitos históricos da divisão feminina da WWE têm sido ignorados. O fato de o dono da WWE, Vince McMahon, ter desejado feliz aniversário a Ronda via mídias sociais e o site da empresa de telecatch ter destacado foto de Ronda tampouco caiu bem.

''Uma coisa legal que uma pessoa de fora entrando nesse novo negócio poderia fazer para ganhar a simpatia das colegas é perder para outra colega, ajudando a elevar o status dessa colega'', aconselhou Sonnen, especialista em relações-públicas (contém ironia).

''O que os donos da WWE deveriam fazer é ir no vestiário e explicar para Charlotte e o resto das garotas… que não deveriam fazer isso, porque eu sou o chefe, eu assino os cheques, e vocês fazem o que eu mando. É simples assim'', conclui Sonnen, que ganhou notoriedade não apenas por quase derrotar o Spider na primeira vez que lutaram, mas também por falar muito mal do Brasil.


Impasse envolvendo Globo tira luta de brasileiro campeão olímpico da TV
Comentários 1

Eduardo Ohata

Um impasse entre o Grupo Globo e a Top Rank, empresa promotora dos boxeadores Robson Conceição, campeão na Rio-2016, e Esquiva Falcão, que tem disputa por um cinturão mundial prevista para julho, deixou sem transmissão pela TV brasileira a próxima luta de Robson, no dia 16. A exibição do penúltimo combate de Esquiva antes da disputa do cinturão mundial, em março, está em risco.

O Grupo Globo tem exibido todas as lutas de Robson e Esquiva para o Brasil desde que eles estrearam no pugilismo profissional.

Para a luta de Robson da próxima sexta, que tem previsão para acontecer a partir das 22h30, foram negociados vários cenários, que incluíam a exibição por meio do canal Combate, em um tipo de pay-per-view; a transmissão via SporTV, ''braço'' do Grupo Globo na TV por assinatura, com cobertura do antes e depois pela Globo, e a Top Rank chegou a oferecer os direitos de TV desse combate de graça, desde que fosse transmitida ao vivo pela Globo na TV aberta, o blog apurou.

Porém, um representante da Top Rank ouviu da emissora que a grade da TV Globo é rígida, com compromissos com patrocinadores, programação de Carnaval, e que além disso não haveria tempo hábil para viabilizar a proposta de colocar o combate na TV aberta.

Para a Top Rank, como não se chegou a um acordo até o prazo final para o negócio, que era esta sexta-feira (9), a luta não será exibida no Brasil. Apesar do impasse, o Grupo Globo tem interesse em exibir o combate em uma de suas plataformas e está aberta a negociar, caso a Top Rank reconsidere sua decisão.

O duelo já tem transmissão garantida para os EUA, México, América Latina, incluindo a Argentina, e França.

Esquiva, prata na Olimpíada de Londres-2012, tem prevista para o mês de março uma luta preparatória antes de disputar o cinturão do Conselho Mundial de Boxe contra o japonês Ryota Murata, que o derrotou nos Jogos. A transmissão dessas lutas está em risco.


Conmebol pretende rediscutir contrato da Copa América de 2019 com a Globo
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Conmebol pretende rediscutir com a Globo o contrato de transmissão da Copa América de 2019, indicou ao blog um cartola da entidade. Ele reconhece que há ''questões'' envolvendo a competição e a Globo e que a ideia inicial é ''compor'' com a emissora.

A Conmebol prepara a licitação para a contratação da agência que realizará o leilão dos direitos. Há indicações de que não poderão participar IMG ou Perform, que integram o grupo que ganhou o direito de realizar o leilão da Libertadores e da Copa Sulamericana.

A intenção original da Conmebol era fazer novamente a venda de todos os contratos de televisão sob suspeita, o que inclui o da Copa América de 2019. Segundo depoimento do ex-executivo da Torneos Y Competencias, Alejandro Burzado, o contrato do Grupo Globo para Copa América foi obtido em um contexto de negociação de propina.

A Globo, porém, afirma que tem um contrato em vigor pelos direitos da Copa América de 2019.

''Temos um contrato em vigor com a Conmebol para a Copa América de 2019. O Contrato foi assinado direto com a Conmebol, que depois repassou os direitos e obrigações para a Datisa, mas manteve-se solidária no cumprimento das obrigações perante a Globo. Nâo chegamos a assinar contrato com a Datisa. O nosso contrato com a Conmebol está válido e não temos conhecimento de qualquer propina'', diz, por meio da assessoria,  Pedro Garcia, diretor de direitos esportivos do Grupo Globo.


Corinthians alcança rivais em premiação da FPF que distribui R$ 1,6 milhão
Comentários 2

Eduardo Ohata

O Corinthians é a novidade no grupo dos clubes de práticas de gestão mais bem avaliadas pelo Programa de Excelência, organizado desde o ano passado pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

Em 2017, Palmeiras, São Paulo e Santos ocuparam a categoria ''Prata'', enquanto o clube do Parque São Jorge teve de se contentar com o ''Bronze'', terceira e última categoria do programa. Este ano, os quatro grandes de São Paulo, entre outros clubes, ocuparam a categoria ''Ouro''.

O programa, que este ano distribuiu R$ 1,6 milhão (em 2017 foram R$ 330 mil), avalia os clubes durante o ano em dez quesitos, entre eles negócios, desempenho técnico, torcida, base, estádio, finanças,  gestão e infraestrutura. Não há comparação direta entre os números dos clubes, o parâmetro para decidir o grupo no qual o clube serão inserido é uma comparação com a avaliação do ano anterior. A adesão este ano foi superior a 90% dos clubes do Paulista e da Série A2.

A lista por grupos:

Ouro

Corinthians

Palmeiras

Santos

São Paulo

 

Ponte Preta

São Caetano

Botafogo-SP

Juventus

XV de Novembro

Novorizontino

Ituano

Mirassol

Red Bull Brasil

Sertãozinho

 

Prata

Capivariano

Linense

Água Santa

Santo André

Taubaté

Ferroviária

Osasco

Rio Branco

São Bernardo

 

Bronze

Bragantino

Penapolense

Votuporanguense

Paulista

Rio Claro

São Bento

 

 

 

 

 


São Paulo antecipou cotas com a FPF para fechar orçamento de 2017
Comentários 22

Eduardo Ohata

O São Paulo antecipou cotas de TV da Globo referente ao Campeonato Paulista para fechar as contas de 2017. O valor antecipado pelo clube junto à Federação Paulista de Futebol foi de cerca de R$ 8 milhões e se referem aos meses de março e abril deste ano.

Segundo apurou o UOL Esporte, o clube do Morumbi passou por dificuldades com seu fluxo de caixa nos últimos meses do ano e necessitava de dinheiro para saldar as obrigações relacionadas a pagamento de direitos federativos, honorários de agentes de jogadores e gastos com fornecedores. Essas operações pontuais referentes a despesas do dia-a-dia não precisam da aprovação do conselho deliberativo graças a um acordo prévio .

Também está na mira dos cartolas são-paulinos as luvas referentes aos direitos de TV aberta do Brasileiro a partir de 2019 cuja negociação está em andamento com a Globo. A emissora chegou a oferecer R$ 20 milhões, mas a proposta foi vetada pelo conselho deliberativo durante a corrida eleitoral que culminou na reeleição de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, no ano passado. Clube e e representantes da emissora voltaram a conversar sobre o assunto posteriormente, mas sem chegar a um acerto até o momento.

 


Jogo do Barcelona bate audiência de Super Bowl e lidera índice no domingo
Comentários 9

Eduardo Ohata

A partida entre Espanyol e Barcelona disputada no domingo, mesmo dia do Super Bowl, foi o evento esportivo mais assistido da TV paga no domingo.

A partida, válida pelo Campeonato Espanhol e exibida pelo Fox Sports, registrou audiência média de 1,69 pontos no público-alvo de homens na faixa etária entre 18 e 49 anos, segundo medição do Kantar Ibope.

O derbi catalão também foi o evento esportivo mais assistido durante toda a semana compreendida entre 29 de janeiro (segunda) e 4 de fevereiro (domingo), entre o mesmo público-alvo.

O jogo foi marcado pela polêmica em torno da comemoração do zagueiro Gerard Piqué, que fez um gesto de silêncio ao comemorar o seu gol.