Blog do Ohata

Arquivo : Libertadores

Libertadores pretende realizar leilão de direitos de TV em fevereiro
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Conmebol, por meio do grupo formado pelas agências de marketing IMG e Perform, pretende realizar o leilão dos direitos de transmissão da Libertadores em fevereiro, o blog apurou.

O leilão da Libertadores é esperado ansiosamente pelo mercado não apenas pelas emissoras, mas também por agências concorrentes, que “seguram” os leilões de suas propriedades para evitar a competição direta com a Libertadores, caso da Champions, por exemplo.

Os direitos da Libertadores entre 2019 e 2022 interessam aos quatro principais canais de esporte na TV por assinatura: SporTV, Fox Sports, ESPN e Esporte Interativo. Na TV aberta, os jogos do torneio continental são transmitidos atualmente pela Globo.

O novo formato do leilão, apresentado pela IMG/Perform informalmente ao mercado, é totalmente inédito para o mercado brasileiro. Os direitos foram divididos em quatro pacotes diferentes, que se forem mantidos impedirão o sublicenciamento dos direitos dos jogos do canal ganhador a emissoras parceiras, como acontece atualmente entre Fox Sports (atual detentor) e SporTV (sublicenciada).

Um fato que está no radar dos vários representantes das emissoras é o provável inflacionamento dos valores dos direitos da Libertadores, dado os altos valores acertados como garantia à Conmebol pelo grupo IMG/Perform.


Indefinição do leilão de TV da Libertadores trava direitos da Champions
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A indefinição da parte do grupo formado por IMG/Perform de data para o leilão dos direitos de TV da Libertadores trava o leilão de outra cobiçada propriedade no Brasil, a Liga dos Campeões da Uefa. Os direitos da Champions, hoje da Globo (na TV aberta) e Esporte Interativo (TV por assinatura), vencem ao final da atual temporada 2017/18, cuja decisão está prevista para acontecer no fim de maio.

A Uefa adiou, de novo, o leilão dos direitos de TV da competição para o Brasil, que inicialmente iria acontecer em 2017, sem fixar uma nova data. Há indicações de que a Uefa pretende esperar a realização do leilão dos direitos de TV da Libertadores, prioridade das quatro principais emissoras de TV por assinatura. A lógica que poderia justificar o compasso de espera da Uefa é que as emissoras brasileiras não apresentariam lances polpudos pela Champions se estariam reservando verba para os lances do leilão da Libertadores.

O cenário, porém, traz problemas para a Uefa e para as emissoras. Se a Uefa não ficar satisfeita com os lances do leilão, contará com pouco tempo hábil para realizar uma eventual segunda rodada ou negociações adicionais, como foi com o Mundial de Clubes da Fifa de meados para o fim do ano passado. Para os canais, definidos os vencedores dos leilões, sobraria pouco tempo para formatar e levar ao mercado um pacote de cotas de patrocínio, já que a temporada 2018/19 tem suas partidas disputadas a partir do final de julho. Na teoria, o atraso prejudicaria menos Globo (TV aberta) e Esporte Interativo (TV fechada), que já exibem as partidas da competição.

De toda a forma, executivos de emissoras brasileiras creem que a decisão não deve ultrapassar o mês de abril e tampouco descartam a possibilidade de os leilões da Libertadores e da Liga dos Campeões acabarem acontecendo, de maneira involuntária, simultaneamente.


Copa do Brasil ajuda canais Fox Sports a crescerem no horário nobre em 2017
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O canal Fox Sports registrou em 2017 crescimento de 26%, durante o horário nobre, entre o público-alvo de homens entre 18 e 49 anos, segundo medição do Ibope. O resultado, segundo análise, foi puxado especialmente por eventos ao vivo, especialmente com as partidas da Libertadores, Sulamericana e o sublicenciamento da Copa do Brasil, fechado com o Grupo Globo durante o ano passado.

Os canais Fox Sports 1 e 2, somados, foram os únicos entre as três principais emissoras de esporte na TV paga a ganhar alcance. O número de telespectadores que passam diariamente pelo canal cresceu 8% no horário nobre. Ao longo do ano, 23 milhões de pessoas foram impactadas no total pelos dois canais.

Há a expectativa de como a audiência se comportará este ano, já que o sublicenciamento da Copa do Brasil foi um fator relevante na atração de uma audiência adicional, foi dentro dessa lógica que foi adquirida a Copa da França, potencializada pela presença de Neymar no PSG, e haverá a realização de vários leilões relevantes de direitos de competições esportivas dentro dos próximos meses.

 


Violência enfraquece lobby do Rio para receber final da Libertadores-2019
Comentários Comente

Eduardo Ohata

O Estádio Nacional, de Lima, no Peru, ganhou força entre cartolas da Conmebol, e se tornou uma das cidades preferidas para servir de palco da final da Libertadores de 2019. Hoje há forte tendência para que a decisão da competição aconteça em somente uma partida.

O Rio de Janeiro, com o Maracanã, vinha como um forte candidato a receber a primeira decisão em partida única da competição continental. Porém ficou mal visto após os episódios de violência entre torcedores do Flamengo e do argentino Independiente, antes e depois da decisão da Copa Sulamericana, disputada justamente no Maracanã e também organizada pela Conmebol.

Houve agressões entre torcedores brasileiros e argentinos, bombas, invasões ao estádio e pedradas no ônibus da delegação argentina.

Há vários argumentos apresentados por quem defende o Estádio Nacional, que começam pela própria qualidade do estádio multiuso, mas englobam a área de logística, pois na cidade há vôos para todos os destinos relacionados aos times que disputam a Libertadores.

 


Estréia do Grêmio no Mundial dobra audiência da Globo em Porto Alegre
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A vitória do Grêmio sobre o Pachuca, em sua estreia no Mundial de Clubes da Fifa, na tarde desta terça-feira (12), rendeu à Globo o dobro da audiência em comparação ao habitual no horário.

Foram 38 pontos, 19 a mais do que a média das últimas quartas-feiras, segundo os números consolidados pela medição do Ibope Kantar.

Em São Paulo, a média foi de 15 pontos e no Rio, 19. Nos dois, a audiência foi um ponto maior do que a média das últimas quatro terças-feiras no horário.

A partir deste ano, cada ponto de audiência corresponde a 245.702 domicílios e a 688.211 espectadores.

A Globo exibirá na TV aberta a final entre o Grêmio e o vencedor da outra semifinal entre Real Madrid  e Al Jazeera.

Após meses de negociações da Fifa, por meio da sua representante Dentsu, com emissoras brasileiras, os direitos de transmissão foram fechados com o Grupo Globo. Dada a audiência e popularidade dos jogos do Grêmio na Libertadores, especialmente na reta final, a Globo decidiu transmitir as partidas do Mundial na TV aberta. O braço esportivo da Globosat na TV por assinatura, o SporTV, também exibe a competição.

O Mundial de Clubes também atraiu a atenção do Fox Sports, que decidiu exibir todas as partidas, após sublicenciar os direitos de TV.


Mundial de Clubes será exibido no Brasil pela Globo, após acordo com a Fifa
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Fifa, representada pela agência de marketing Dentsu, fechou com a Globo os direitos de TV do Mundial de Clubes. Outras emissoras brasileiras, na TV por assinatura, disputaram com a Globo os direitos da competição que pode ter um time brasileiro nessa edição.

As negociações com a Fifa vinham acontecendo desde antes da vitória do Grêmio por 1 a 0 sobre o argentino Lanús no jogo de ida da final da Libertadores. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira, de novo com transmissão pela Globo na TV aberta.

Apesar de a vitória do Grêmio não ter sido um fator determinante nas negociações, que foram concluídas nos últimos dois dias, se o time gaúcho carimbar o passaporte para Dubai, é certo que além do SporTV, braço esportivo na TV a cabo da Globosat, a Globo transmitirá também na TV aberta jogos da competição.

“Ficamos felizes em confirmar a cobertura de mais esta edição do Mundial de Clubes nas telas do Grupo Globo. Trata-se de evento tradicional, de grande relevância e que, nesta edição, dependendo da grande final da próxima quarta-feira, pode novamente contar com um gigante brasileiro, o Grêmio, que tem feito uma bela temporada”, disse Fernando Manuel Pinto, diretor de aquisições do Grupo Globo.

Porém, mesmo que o Lanús consiga uma virada sobre o Grêmio, há, sim, possibilidade de partidas do Mundial de Clubes serem exibidos na TV aberta, pois isso já aconteceu em edições anteriores. Na emissora acredita-se que o Real Madrid, que disputa essa edição, pode levar uma eventual final à TV aberta, mesmo sem a participação de uma equipe brasileira.

A Globo vem experimentando horários alternativos para eventos esportivos, mais recentemente com partida da seleção sub-17 no Mundial e, nesta quinta-feira (23) à noite, com o jogo do Flamengo pelas semifinais da Sulamericana.

A negociação dos direitos de TV do Mundial de Clubes se arrastou durante meses, com leilões frustrados e alarmes falsos. A nova versão estendida da Libertadores acabou causando problemas logísticos que afetaram não só a comercialização do Mundial de Clubes, como o planejamento das equipes que iriam participar e até os planos de viagem dos torcedores.

 


Pacote de TV da Libertadores vetará Globo e Fox de repassar jogo a parceiro
Comentários Comente

Eduardo Ohata

Os pacotes dos direitos de TV dos jogos da Libertadores oferecidos pela Conmebol e que passarão a valer a partir de 2019 afetam diretamente a Globo, SporTV e Fox Sports, emissoras que transmitem no Brasil as partidas da competição, ao proibir lances conjuntos, o repasse ao direito de partidas a parceiros e obriga que a TV aberta escolha só um jogo para exibir para todas as praças.

O grupo formado pelas agências IMG e Perform, vencedor da licitação da Conmebol para negociar os direitos de TV, explicou os detalhes do leilão dos direitos da Libertadores durante road show (visita às emissoras) e apresentou quatro pacotes:

Pacote 1 (TV aberta): Um jogo por semana da Libertadores, que deverá ser transmitido para toda a rede

Pacote 2 (TV por assinatura): Direito de fazer a primeira, terceira, quinta, sétima escolhas das partidas que exibirá na rodada, mais o direito de escolher um semifinal, que poderá ou não ser a mesma que a TV aberta transmitirá, mais a final, que a TV aberta também poderá ou não transmitir

Pacote 3 (TV por assinatura): Direitos de fazer a segunda, quarta, sexta, oitava escolhas das partidas que transmitirá na rodada, mais a semifinal que não for escolhida pelo detentor do pacote 2, e os direitos de exibição da final com delay

Pacote 4 (TV aberta, por assinatura ou internet): Jogos de quinta-feira durante a fase de grupos, mais uma partida das oitavas-de-final e uma das quartas-de-final. Não tem direito às semifinais ou à final

Hoje, os direitos de TV da Libertadores para o Brasil pertencem ao Fox Sports, que sublicencia os direitos ao Grupo Globo. A Globo, por sua vez, repassa os direitos de partidas da Copa do Brasil e sublicenciará os jogos da Copa do Mundo da Rússia ao Fox Sports.

Circulava no mercado um forte rumor de que Globo e Fox Sports pretendiam fazer uma proposta conjunta pelos direitos da Libertadores. O novo formato aumenta as chances de ESPN e Esporte Interativo.

A Globo costumeiramente exibe um jogo para a rede, outro para São Paulo e, eventualmente, uma terceira partida para outro município.

A previsão é de que as diretrizes oficiais do leilão serão apresentadas dentro dos próximos meses. Mas não devem diferir muito das quatro propostas já apresentadas. O leilão define os direitos de transmissão de 2019 para a frente.


Libertadores: Conmebol prepara modelo de leilão de TV que complica a Globo
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Conmebol e o grupo formado por IMG e Perform, ganhador do direito de negociar os direitos de TV da Libertadores, Sulamericana e Recopa, desenham um formato de leilão que apresenta uma série de desafios para o Grupo Globo.

Uma das novidades é a obrigatoriedade da transmissão da mesma partida para todas as praças, e não em uma divisão como a Globo faz, com um jogo para a rede, outro para São Paulo e, em alguns casos, uma terceira partida para uma ou duas cidades em particular.

A segunda novidade é a comercialização de até quatro pacotes com jogos diferentes. Hoje, uma só emissora, no caso do Brasil, a Fox Sports, tem o direito de todos os jogos da Libertadores e os sublicencia à Globo. Uma divisão em quatro pacotes, em tese, facilitaria que mais emissoras tivessem acesso a jogos da competição sul-americana. Canais, que hoje não têm os direitos, já mostraram interesse.

As duas ideias foram apresentadas por representantes dos direitos de TV da Libertadores & Cia a executivos das TVs brasileiras há cerca de duas semanas em um congresso fora do Brasil, segundo o blog apurou. Nas próximas semanas o grupo formado por IMG e Perform, rivais históricos cuja união causou surpresa no mercado, realizarão um “road show” para apresentar os pacotes já consolidados.

Uma terceira mudança em relação ao que acontece hoje e que já vem sendo comentada é o fatiamento dos direitos de TV aberta e fechada, o que atrapalharia um lance conjunto do Grupo Globo e Fox Sports, cenário que há tempos vem sendo fortemente especulado pelo mercado. As duas emissoras já compartilham partidas da Libertadores, da Copa do Brasil e os direitos da Copa do Mundo-2018.

Os direitos de transmissão da Libertadores, atualmente da Fox Sports, vencem no ano que vem.


Champions adia leilão por direitos de TV após detectar concorrência forte
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Champions adiou para o início do ano que vem o leilão dos seus direitos de TV, após ter sinalizado que o mesmo aconteceria ainda este ano. O motivo identificado pelo mercado é o de que representantes da Champions preferem ver passar o leilão da Libertadores.

Como a Libertadores desperta um grande interesse de todos os canais, na TV aberta e fechada, a chance de que as emissoras optem por não investir pesado antes de a definição dos direitos da competição continental é grande. Executivos de emissoras brasileiras comentaram na semana que passou com pessoal ligado à Champions que a prioridade no momento é a Libertadores, o blog apurou.

Um dos principais interessados em potencial, a Globo, acaba de fazer um investimento considerável com a aquisição dos direitos de um pacote de 37 jogos da seleção até 2022. Além da Libertadores, o Mundial de Clubes e alguns europeus estão na mira das emissoras.

A Globo transmite os jogos da Champions na TV aberta brasileira, sublicencia partidas à sua tradicional parceira, a Band, e o Esporte Interativo tem os direitos na TV por assinatura. O contrato em vigor contempla até a atual temporada 2017/18.

 


Conmebol diz que definirá novo formato da final da Libertadores em dezembro
Comentários Comente

Eduardo Ohata

A Conmebol, oficialmente, nega que já tenha se decidido por uma final única para a Libertadores a partir de 2019.

Segundo a entidade, a decisão pela manutenção ou não da decisão em dois jogos, formato atual, acontecerá só no mês de dezembro.

O jornal argentino “Olé” havia informado que a Libertadores teria sua final em um único jogo a partir da edição de 2019.

A entidade informou ao blog que o conselho da Conmebol tomará a decisão em dezembro, após ouvir a subcomissão de clubes. Por isso o calendário divulgado abre espaço para os dois cenários: Um com final em jogos de ida e volta e outro com uma final única.